Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Dezembro de 2014

Esportes

Capitão do tri diz que Brasil é favorito para a Copa, apesar de viver transição

Agência Brasil

O capitão do tricampeonato no México, em 1970, Carlos Alberto Torres, disse hoje que o Brasil é favorito para ganhar o troféu da Copa do Mundo de 2014, apresentado por ele hoje (22) em cerimônia no Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã. "Eu não quero dizer antecipadamente que o Brasil já é campeão, mas tem condições muito grandes de repetir a conquista que outras cinco seleções anteriores tiveram”, avaliou.

Para o ex-jogador, o favoritismo ocorre mesmo com a seleção brasileira vivendo um momento de mudança entre gerações. O troféu da Copa do Mundo de 2014 chegou ontem (21) ao Rio de Janeiro, após passar por cerca de 80 países entre setembro do ano passado e abril deste ano. A taça ficará exposta até o próximo dia 25, no Maracanã. Depois, o troféu segue para as outras 26 capitais brasileiras.

"O time é bom e tem um bom comando com o Felipão e com o Parreira, dois campeões do mundo dirigindo a seleção trazendo experiência de como se prepara um time para chegar pelo menos à final. Acredito também que o futebol brasileiro está em uma fase de transição de geração para geração. Terminou uma geração em 2010, na copa da África do Sul, e está se iniciando uma outra muito boa por sinal”, disse o tricampeão.

Apesar de sua vontade de ver a Seleção Brasileira conquistando o título em casa, e achá-la favorita ao título, Torres destaca outras três seleções que podem complicar a vida do Brasil. Segundo ele, Argentina, Alemanha e Espanha também são seleções fortes e que podem chegar na final.

A exposição já começou a ser visitada hoje. A aposentada Maria da Graça se emocionou ao ver a taça que será entregue na final da Copa do Mundo no dia 13 de julho. "Eu estou pensando quando chegar na final. Vou estar lá gritando 'o hexa é nosso'! É a primeira vez que eu vejo a taça de pertinho. A emoção é muito grande", descreveu. O troféu vai depois a Porto Alegre (26 e 27 de abril), Belo Horizonte (28 e 29 de abril) e Salvador (30 de abril e 1º de maio), seguindo para outras capitais.

Tags: cerimônia, Copa, maracanã, seleções, tricampeonato

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.