Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

Esportes

Garçom, Pato revê ovação do Morumbi: 'deixou de ser galinha'

Portal Terra

O atacante Alexandre Pato parece ter encontrado as graças da torcida do São Paulo. Neste domingo, o jogador brilhou na vitória por 3 a 0 contra o Botafogo e deixou o gramado do Estádio do Morumbi ovacionado pelos torcedores tricolores, que lotaram as arquibancadas. O camisa 11 escutou novamente o grito criado especialmente para ele ao ser substituído e agradeceu: "ôôô, deixou de ser galinha para jogar no Tricolor, Pato!", em referência pejorativa dos fãs são-paulinos ao arquirrival Corinthians, ex-time do atleta.

Apesar de não ter balançado as redes contra o Botafogo, em duelo válido pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, Alexandre Pato fez as vezes de garçom e chamou a responsabilidade no setor de criação tricolor. Dois dos três gols do jogo saíram de seus pés após belos passes, em atuação que rendeu empolgação e elogios das arquibancadas do Morumbi.

O coro de "deixou de ser galinha..." já havia sido entoado no confronto contra o CSA, pela Copa do Brasil, há 10 dias, quando Pato marcou seu primeiro gol com a camisa são-paulina. E, neste domingo, o jogador mostrou de novo que está de bem com a vida. Logo aos 6min, por exemplo, recebeu em posição legal e encobriu o goleiro Jefferson, mas viu a arbitragem errar e marcar impedimento.

Pouco depois, logo após Antônio Carlos abrir o placar, Pato chamou a responsabilidade. Ainda aos 21min, puxou a bola pela zona intermediária do ataque tricolor e deu linda assistência para Douglas. Por trás da zaga, o lateral entrou pela diagonal, driblou o goleiro rival e fez o segundo, para delírio dos torcedores do São Paulo. 

O camisa 11 ainda criou mais três chances de gol na etapa inicial. Primeiro recebeu de Douglas e bateu para boa defesa de Jefferson. Em seguida centrou na área botafoguense, Boschilia dominou e novamente parou no goleiro adversário. Por último, Pato ainda tentou lançamento para a grande área do time carioca, mas ninguém aproveitou.

No tempo complementar, Pato de novo mostrou que, além de gols, é bom em passes. O atacante deu ótimo lançamento para Ganso na esqueca, o meia invadiu a área e tocou para o meio da área, onde Luis Fabiano só completou para as redes. Pouco depois, aos 32min, Pato foi substituído por Pabón e ouviu mais uma vez o Morumbi gritar, em coro, a canção feita em sua homenagem.

Tags: alexandre pato, antônio carlos, Campeonato Brasileiro, ganso, luís fabiano, são paulo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.