Jornal do Brasil

Quinta-feira, 18 de Setembro de 2014

Esportes

Ex-craque ataca diretoria do Barça: 'joga dinheiro no lixo'

Portal Terra

O ex-meia Hristo Stoichkov não economizou críticas à atual gestão do Barcelona. Em entrevista à rádio Cadena Cope, o búlgaro, que vestiu a camisa azul-grená por sete temporadas, disse que a diretoria do clube catalão faz loucuras com o dinheiro e desperdiça fortunas ao realizar negociações de compra e venda de jogadores.

“Jogam dinheiro no lixo. O Barça faz coisas que não pode”, reclamou Stoichkov, citando a venda do meio-campista Thiago Alcântara para o Bayern de Munique, no início da temporada. O brasileiro naturalizado espanhol, uma das principais revelações da base azul-grená, foi negociado por 25 milhões de euros com a equipe alemã. “A cláusula dele era de 90 milhões”, argumentou o búlgaro.

Stoichkov, um dos maiores jogadores que atuaram pelo time da Catalunha na década de 1990, ainda lembrou a contratação do meio-campista Cesc Fábregas – ele atuou nas categorias de base do Barça, mas se profissionalizou pelo Arsenal em 2003 e foi comprado de volta por 40 milhões de euros em 2011.

“O Barcelona deveria virar patrocinador do Arsenal. E o caso do Martín Cáceres foi uma barbaridade”, destacou, lembrando o zagueiro uruguaio vendido por 4,5 milhões de euros ao Sevilla em 2012 e depois revendido à Juventus por quase 10 milhões de euros. A passagem do astro sueco Zlatan Ibrahimovic, contratado por 66 milhões de euros e revendido dois anos depois por 24 mi, tampouco foi esquecida.

O polêmico búlgaro, entretanto, “inocentou” o epicentro do mais novo escândalo do Barça, que culminou inclusive na renúncia do presidente Sandro Rosell. “O Neymar não tem culpa”, concluiu.

Tags: administração, barcelona, clube catalão, Critica, hristo stoichkov

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.