Jornal do Brasil

Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

Esportes

Andrés: Del Nero é viciado para o mal e pagaremos o preço

Portal Terra

Em entrevista ao canal SporTV, o ex-presidente do Corinthians e ex-diretor de Seleções da CBF, Andrés Sanchez, fez duras críticas à eleição de Marco Polo Del Nero, concretizada nesta quarta-feira, para presidir a entidade nacional a partir de abril de 2015. Opositor de Del Nero e do atual presidente José Maria Marin, Andrés afirmou que o dirigente é "viciado para o mal".

"O Marco Polo é um cara viciado, viciado para o mal. Vamos pagar um preço alto, porque ele já fez muito mal ao futebol brasileiro. Espero que ele mude, mas perdemos uma grande chance de mudar alguma coisa, fosse qual fosse essa mudança", disse.

Muito cotado para lançar uma candidatura de oposição a Marin e Del Nero para as eleições da CBF, Andrés acabou nem entrando no pleito. O candidato da oposição seria Francisco Novelletto, da Federação Gaúcha, mas ele não obteve o número necessário de assinaturas para registrar uma chapa - oito de federações estaduais, e cinco de clubes da Série A. Del Nero venceu sem concorrência, com Marin como seu vice.

"Me arrependo muito de não ter enfrentado mais a Federação (Paulista), como falava o Juvenal (Juvêncio, presidente do São Paulo) para mim", admitiu Andrés ao SporTV.

Andrés Sanchez ocupou o cargo de diretor de Seleções na CBF entre janeiro e novembro de 2012. Ele foi convidado para a confederação quando o presidente ainda era Ricardo Teixeira, mas perdeu voz ativa com a ascensão de Marin e Del Nero ao poder. A gota d'água para que Andrés pedisse demissão foi a troca de Mano Menezes por Luiz Felipe Scolari no cargo de treinador da Seleção sem seu aval. Desde então, ele assumiu a postura de opositor à gestão atual da CBF.

Tags: Corinthians, dirigente, entidade, ex-presidente, seleções

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.