Jornal do Brasil

Quinta-feira, 20 de Novembro de 2014

Esportes

Oswaldo relativiza vice do Santos e ataca regulamento 

Portal TerraDanilo Vital 

Depois de ser derrotado na final do Campeonato Paulista pelo Ituano, o técnico do Santos, Oswaldo de Oliveira, cobriu o time interiorano de elogios, mas manifestou insatisfação sobre a forma como foi conduzida o regulamento da competição. O treinador manifestou o seguinte pensamento: de acordo com as regras, é justo que o time tenha sido campeão depois de perder por 1 a 0 no Pacaembu e levar a melhor nos pênaltis. Mas se a competição fosse mais justa, a derrota seria suficiente para fazer do Santos o dono da taça.

“Acho que nós poderíamos pretender ser campeões se o regulamento fosse de outra forma. Se, por exemplo, dois resultados iguais favorecessem a equipe que fez sete pontos a mais que o adversário que chegou à final”, afirmou Oswaldo. Melhor time da primeira fase, o Santos não teve a vantagem do empate. Perdeu por 1 a 0 no primeiro jogo, venceu pelo mesmo placar no segundo e, nos pênaltis, acabou perdendo o título.

Ituano faz festa com a taça do Campeonato Paulista; equipe do interior superou o Santos nos pênaltis
Ituano faz festa com a taça do Campeonato Paulista; equipe do interior superou o Santos nos pênaltis

“Após os dois jogos, pelo regulamento, jogar a decisão por pênaltis foi (desempenho) irretocável para o Ituano. Sob a luz desse regulamento, são campeões de fato e direito. Nada a dizer contra. Apenas que o time que faz sete pontos a mais e tem a melhor campanha, entre outros detalhes, teria de, pelo menos, ter o direito de jogar por dois resultados iguais”, disse. “Como aconteceu no resto do Brasil”, acrescentou.

Oswaldo então perguntou sobre o Campeonato Carioca, no qual o Flamengo, com um homem a menos, arrancou empate do Vasco no final do jogo e, com dois resultados de 1 a 1, se sagrou campeão. “Dois empates? Então pronto”, disse o treinador, que se negou a responder se considerava o vice-campeonato vexatório por ter sido concretizado contra um adversário do interior. “Vexatório? Próxima pergunta”.

Tags: campeonato paulista, futebol, ituano, pênaltis, Santos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.