Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Esportes

Perto do fim, Campeonato Goiano tem fracasso de público

Portal Terra

O Campeonato Goiano de 2014 se encaminha para seu desfecho com os dois jogos finais entre Goiás e Atlético-GO. Dado o equilíbrio entre as duas equipes nos últimos anos fica difícil apontar quem será o campeão, mas uma coisa já é certa: esta edição foi um fracasso de público.

Baixo nível técnico, preços elevados dos ingressos, pouco conforto nos estádios e o medo da violência estão entre alguns dos fatores apontados para o insucesso popular da competição. A outra é a falta da promoção Nota Show de Bola, uma parceria do governo estadual com a Federação Goiana de Futebol, que dá o direito ao torcedor de trocar ingressos por notas fiscais e alimentos não perecíveis.

Faltando apenas dois jogos para o encerramento da competição, a média de público deste ano caiu quase pela metade com relação à apresentada no ano passado. A média de público pagante apresentada nos 74 jogos até aqui é de 2.294 contra 4.449 observada no ano passado incluindo os jogos das finais.

Mesmo se o Estádio Serra Dourada receber 40 mil pessoas em cada um dos dois jogos da final, o Campeonato Goiano de 2014 não conseguirá superar a média apresentada no ano passado. A previsão de público para os jogos não é tão otimista. Os preços dos ingressos estão fixados em R$ 40 para as arquibancadas e R$ 60 para as cadeiras e o valor elevado deve afastar o torcedor.

O goleiro Márcio do Atlético-GO está disputando seu oitavo Campeonato Goiano e analisou a baixa presença de público na competição. Segundo o jogador, a FGF precisa apresentar alguma atração para chamar público e acredita que os dirigentes dos clubes poderiam diminuir os valores dos ingressos.

“Cabe também eu acho aos dirigentes olhar com mais carinho para o torcedor que já comparece durante o campeonato todo e pode comparecer nas finais também. Mas se o preço fica mais salgado e a gente vive em um país onde a realidade é difícil, então isso pode ser revisto pelos clubes também”, comentou.

Para piorar ainda mais a média de público da competição, dois dos clubes mais populares do estado, Goiás e Vila Nova, tiveram de jogar com portões fechados, uma partida cada, por causa de brigas durante o clássico entre elas.

Prefeitura salva de fiasco

Se a média de público no Goiano já é fraca, poderia ser bem pior. Isso porque cerca de 40% do público pagante do campeonato foi ao estádio através de uma promoção realizada pela prefeitura de Anápolis intitulada “Torcida Premiada 2014”. Ela premia com ingresso para os jogos de Anapolina e Anápolis os contribuintes adimplentes com os tributos municipais.

Em cada um dos 15 jogos realizados no Estádio Jonas Duarte com Anápolis ou Anapolina como mandantes foram destinados 4.666 ingressos da promoção “Torcida Premiada 2014”. Com isso, a promoção levou ao estádio 69.990 torcedores. Esse número corresponde a aproximadamente 41% do público total na competição até aqui.

Tags: anapolina, Atlético, Campeonato, clube, goiano, Torcida

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.