Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Julho de 2014

Esportes

Oposição acusa agressão a secretária de Kalil; situação nega

Portal Terra

O clima esquentou durante a eleição do Conselho Deliberativo do São Paulo neste sábado. A oposição acusa um membro da situação de agredir a secretária Solange Blanco, do candidato à presidência da oposição, Kalil Abdalla. Do outro lado, contudo, os integrantes da chapa Avança São Paulo, com Carlos Miguel Aidar como candidato ao cargo máximo no clube, negam a informação.

A versão da oposição diz que a secretária estava em frente ao comitê da SPFC Forte quando um sujeito vestindo a camisa amarela da situação, que ainda não teve o nome divulgado por nenhuma das duas chapas, teria atirado uma lata de cerveja no rosto da secretária após a mesma gritar contra o presidente Juvenal Juvêncio. O episódio teria acontecido por volta das 14h, ao lado de um trio-elétrico.

A situação, contudo, rejeita a informação. Carlos Miguel Aidar, em conversa com a reportagem, contestou a história apresentada pela oposição e disse que o acusado em questão não agrediu a mulher. O candidato a presidente disse ainda que Solange teria se machucado durante uma dança com algumas colegas, e o sujeito de amarelo apenas apaziguou os ânimos.

O acusado foi encaminhado para o 89º Distrito Policial, localizado perto do Estádio do Morumbi. Solange, por sua vez, se dirigiu ao IML (Instituto Médico Legal) e precisará levar pontos para corrigir a lesão.

O Terra teve acesso a fotos cedidas por membros da oposição, em documentos que mostram o sujeito de amarelo dentro de uma viatura ao lado de João Biazzo, advogado do escritório de Carlos Miguel Aidar.

Tags: agressão, chapa, futebol, kalil abdalla, são paulo, solange blanco

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.