Jornal do Brasil

Terça-feira, 16 de Setembro de 2014

Esportes

Presidente da Ferrari pede mudanças na Fórmula 1

Agência ANSA

Nesta quarta-feira (02), o presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, se encontrou com Bernie Ecclestone, chefão da Fórmula 1, para debater "mudanças concretas" na categoria. As discussões querem evitar que a F1 perca interesse do público, por focar mais em economia e equipamentos eletrônicos do que com a competição entre os melhores pilotos do mundo. 

Segundo a imprensa estrangeira, as mudanças nas regras implantadas para 2014 "desiludiram quase todo mundo".    Dando sequência a esse debate, no próximo final de semana durante o Grande Prêmio do Bahrein, Montezemolo e Ecclestone se reunirão com o presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jean Todt, para dar soluções para a categoria nesse início de ano.    

Após a reunião de hoje com Ecclestone, o presidente da Ferrari voou para Maranello para continuar o desenvolvimento do carro da equipe e dar mais ritmo de corrida para os pilotos Fernando Alonso e Kimi Raikkonen. De acordo com o chefe da equipe, Stefano Domenicali, a Ferrari tem "um programa de desenvolvimento que tenta se aproximar ao máximo às exigências dos pilotos na questão de dirigibilidade.    

Domenicali ainda ressaltou que as mudanças para os pilotos são diferentes. "Para Raikkonen, de modo particular, estamos tentando chegar próximo ao estilo de pilotagem dele, pois seu estilo de guiar é sempre muito particular. Já para Alonso o trabalho está focado em melhorar ainda mais o trabalho de interface entre piloto e equipe", declarou o chefe de equipe.

Tags: carros, corridas, escuderias, F1, pilotos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.