Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Julho de 2014

Esportes

Alonso acredita que Ferrari lutará por título na F1

Agência ANSA

Fernando Alonso e Kimi Raikkonen têm visões diferentes sobre a posição da Ferrari para esta temporada de Fórmula 1. Para o espanhol Alonso, "ainda há tempo para julgar como estão sendo as corridas e pelo que esperamos, podemos ficar mais fortes em algumas pistas e acredito que possamos lutar pelo campeonato".    

O finlandês Raikkonen pensa um pouco diferente. Para ele, a Ferrari "está abaixo ou no mesmo ponto onde parou no ano passado e esse não foi um início ideal de campeonato para a equipe". Ele ainda afirmou que "há muitas pessoas lutando para melhorar o carro, mas ainda há muitas coisas por fazer". Para a segunda etapa da categoria neste final de semana na Malásia, Raikkonen espera uma corrida difícil. "Não sabemos como estarão as coisas aqui. É um circuito diferenciado, fará muito calor dentro do carro e também o carro ficará quente", disse o finlandês.    

Novidades da Fórmula 1 Vivendo uma boa fase na Mercedes após ganhar a primeira corrida do ano, o alemão Nico Rosberg elogiou as mudanças feitas nos carros para a temporada de 2014. Ele afirmou que as novidades introduzidas na F1 "mudaram a hierarquia" da categoria e "depois do último ano, era preciso mudar e acredito que isso será positivo para todos". Já em fase oposta, o alemão Sebastian Vettel aproveitou o momento para criticar muito as mudanças da F1. "O barulho do motor é um nojo e precisamos mudar. Fiquei no muro durante a corrida de Melbourne e estava mais tranquilo que um bar. Acredito que isso não é um bem para os apaixonados pelo esporte. A Fórmula 1 precisa ser espetacular e o ronco dos motores é um dos fatores mais importantes", destacou o tetracampeão mundial da categoria. 

Ele continuou reclamando das mudanças, falando de sua infância. "O primeiro Grande Prêmio que vi na vida foi na Alemanha, quando tinha cinco ou seis anos de idade, e lembro que o que mais me impressionou foi justamente o ensurdecedor barulho dos motores, que faziam tremer o chão. É um pecado que não seja mais assim", afirmou Vettel. 

Os motores da Fórmula 1 foram uma das mudanças adotadas para a nova temporada da categoria como forma de reduzir custos. Atualmente, os utilizados são V6 turbo de 1,6 litros que substituíram os V8 aspirados de 2,4 litros. Além disso, foram feitas alterações nas especificações técnicas dos carros para dar mais segurança aos pilotos. 

Tags: corridas, escuderias, fi, mudanças, pilotos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.