Jornal do Brasil

Quinta-feira, 31 de Julho de 2014

Esportes

Judô: Brasil fatura 4 ouros e chega a 19 medalhas no Open de Buenos Aires

Jornal do Brasil

O segundo e último dia do Aberto Pan-americano de judô de Buenos Aires rendeu ao Brasil mais sete medalhas, sendo quatro de ouro, uma de prata e duas de bronze. Os títulos foram de Eduardo Bettoni (90kg), Hugo Pessanha (100kg), Gabriel Santos (+100kg) e Rochele Nunes (+78kg). Samanta Soares (78kg) ficou com a prata e João Gabriel Schlittler (100kg) e Horácio Antunes (100kg) com os bronzes. Ao todo, foram 19 medalhas, sendo oito de ouro, duas de prata e nove de bronze. 

O país liderou o quadro de medalhas, seguido pela Grã-Bretanha que faturou uma medalha de ouro apenas. No sábado, primeiro dia da competição, Eric Takabatake (60kg), Marcelo Contini (73kg),  Eleudis Valentim (52kg) e Mariana Silva (63kg) foram campeões; Gabriela Chibana (48kg) foi vice; e Jéssica Henriques (48kg), Raquel Silva (52kg), Milena Mendes (52kg), Manoella Costa (57kg), Allan Kuwabara (60kg), Daniel Santos (66kg) e João Pedro Macedo (73kg) conquistaram o bronze. 

A competição contou com atletas de 16 países.

Neste domingo, alguns atletas aproveitaram para confirmar a boa fase. Rochele Nunes (+78kg), que já havia conquistado o ouro no Open de Montevidéu na última terça-feira, dia 18 de março, fez três lutas para chegar ao título. Ela passou pelas argentinas Graciela Alvarez e Samantha da Cunha. Na decisão, dominou a luta contra a mexicana Vanessa Zambotti e aproveitou uma brecha para jogar a adversária por wazari faltando menos de um minuto para o fim da luta.

“Como já conhecia bastante a Zambotti, procurei não me arriscar muito e forçá-la a errar. Quando ela já tinha sido punida três vezes, teve que vir para cima e aproveitei a oportunidade. Volto para o Brasil bastante leve por ter conseguido cumprir meu objetivo de faturar dois ouros, disse Rochele.

“Acredito que as meninas da seleção cumpriram o objetivo de subirem ao pódio. Acho que todas mostraram muita atitude. Mas, se tiver que citar um nome como destaque, diria que foi a Rochele que dominou as adversárias e não colocou o ouro em risco em nenhum momento”, disse Danille Zangrando, técnica da equipe feminina nas competições sul-americanas.

Tags: . medalhas, Argentina, brasileiros, judocas, Torneio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.