Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Esportes

Em jogo de polêmicas e 7 gols, Barça vence e encosta no Real

Portal Terra

Não faltaram gols nem polêmicas no maior clássico da Espanha, disputado neste domingo no Santiago Bernabéu. Com três gols de Lionel Messi, o Barcelona venceu o Real Madrid fora de casa por 4 a 3, encostando no arquirrival na briga pela liderança do Campeonato Espanhol, em uma das partidas mais eletrizantes da temporada do futebol europeu. 

Além dos três gols de Messi - dois deles, convertendo pênaltis polêmicos -, Iniesta também fez para o Barcelona. Já o Real Madrid anotou com Benzema (duas vezes) e Cristiano Ronaldo, em cobrança de penalidade que nasceu de falta cometida fora da área. O time da capital atuou com um a menos por quase meia hora, já que Sergio Ramos foi expulso por pênalti sobre Neymar.

O resultado levou o time catalão a 69 pontos, na terceira posição. Com um ponto a mais, 70, aparece o Real Madrid, que leva desvantagem para o líder Atlético de Madrid apenas no confronto direto.

Com Neymar titular e aberto pela direita do ataque, o Barcelona começou o jogo tocando a bola ao seu estilo e fugindo bem da marcação pressão do Real Madrid. O primeiro gol veio logo aos 7min: Messi recebeu na intermediária, viu Iniesta escapando pela esquerda e deu passe na medida. O camisa 8 dominou dentro da área e fuzilou Diego López com um chute cruzado.

O Real Madrid cresceu depois de sofrer o gol, principalmente graças à grande atuação de Di María. Caindo pela esquerda e sobrecarregando Daniel Alves, o argentino infernizou a defesa catalã e criou o gol de empate aos 20min, cruzando na cabeça de Benzema. O atacante francês, que já havia perdido duas chances claras, subiu mais alto que Mascherano e testou para as redes.

A mesma combinação deu ao Real Madrid o gol da virada pouco depois: aos 24min, Di María fez a festa pela direita da defesa do Barcelona e cruzou na área. Mascherano deixou a bola passar e Benzema teve categoria para dominar e chutar forte, sem chance para Victor Valdés.

Os primeiros bate-bocas e desentendimentos do clássico já começavam a surgir quando o Barcelona buscou o empate, ainda no primeiro tempo. Aos 42min, Messi acionou Neymar na área; o brasileiro foi desarmado, mas a bola voltou para o próprio Messi, que limpou para a perna esquerda e bateu para o gol.

Logo aos 10min do segundo tempo, a primeira grande polêmica: Cristiano Ronaldo partiu para cima de Daniel Alves e foi derrubado fora da área, mas o árbitro Undiano Mallenco marcou pênalti. O próprio Ronaldo bateu com força no canto para recolocar o Real Madrid à frente: 3 a 2.

Vendo o Barcelona sem ideias em campo, o técnico Gerardo Martino já preparava a saída de Neymar quando o atacante mudou a história do jogo. Até então bastante apagado, o brasileiro recebeu ótimo passe de Messi, invadiu a área e caiu com a chegada de Sergio Ramos. Os jogadores do Real reclamaram muito do pênalti, mas o capitão madridista foi expulso, e Messi converteu a cobrança para empatar o jogo em 3 a 3.

Com um a menos, o Real Madrid sacou Benzema e passou a tentar explorar os lançamentos para a Cristiano Ronaldo na frente. Mas o Barcelona chegou à virada em mais um lance polêmico: Iniesta tentou passar entre Carvajal e Xabi Alonso dentro da área, foi para o chão e o árbitro marcou novo pênalti. Messi novamente bateu sem chance de defesa para Diego López e confirmou a vitória catalã no Bernabéu.

Tags: barcelona, clássico, espanhol, Real, Vitoria

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.