Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

Esportes

Seedorf nega ultimato da direção do Milan

Agência ANSA

Chamado para uma reunião com a direção do Milan por conta dos maus resultados da equipe, o treinador Clarence Seedorf negou que tenha recebido um ultimato do diretor esportivo do clube, Adriano Galliani. O holandês tem sido questionado pela torcida e pela imprensa por não fazer o time reagir no Campeonato Italiano e pela eliminação na Liga dos Campeões para o Atlético de Madrid, após sofrer uma goleada de 4 a 1.    

"Não recebi telefonemas nem de Silvio Berlusconi [dono do time] e nem de Galliani dizendo que só tenho mais duas partidas", contou o ex-jogador do Botafogo, acrescentando que pediu para o cartola ficar próximo a ele nessa fase difícil. 

"Como foi dito antes da assinatura, eu afirmei que não posso fazer tudo sozinho. Foi um encontro construtivo, e ele [Galliani] está pronto para ficar perto de mim e da equipe. O Milan que eu conheci sempre foi forte", salientou o holandês.    

Segundo notícias divulgadas pelos jornais italianos, Seedorf também estaria tendo dificuldades em passar seus métodos para os jogadores, e as críticas feitas por ele ao elenco teriam comprometido sua relação com os atletas. "Estou seguro de ter o vestiário nas mãos. Tenho uma relação direta com os garotos, é um time que quer sair desse momento", completou. 

Tags: futebol, italiano, permanência, seedorf, técnico

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.