Jornal do Brasil

Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

Esportes

Inter bate Cruzeiro e pega Caxias em semifinal

Portal Terra

O Internacional não teve vida fácil, mas conseguiu se impor para vencer o Cruzeiro neste sábado, e avançar à semifinal do Campeonato Gaúcho. A equipe colorada até passou sufoco no início, abriu dois gols, sofreu um no fim, devolveu com outro e segurou o 3 a 1 para obter vaga na próxima fase da competição, em triunfo conquistado no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo, pelas quartas de final

Agora, o Inter encara o Caxias no confronto da semifinal. O time de Caxias do Sul derrotou o Veranópolis nesta sexta-feira, após empate por 2 a 2 no tempo normal e triunfo por 9 a 8 nas cobranças de pênaltis, e também conquistou vaga para poder brigar por entrada na decisão do Estadual.

No duelo deste sábado, o Inter começou a partida titubeante e viu o Cruzeiro jogar de igual para igual até os 30min. O gol de Aránguiz, aos 33, desanimou a equipe azul e branca, e o time de Abel Braga passou a controlar as ações, sem correr riscos, levando a vantagem por toda a etapa inicial.

O domínio colorado continuou nos 45 minutos finais. Aos 22min, Fabrício recebeu pela lateral de área e chutou cruzado. Fábio espalmou, e Aránguiz surgiu para completar, dando números finais ao jogo em Novo Hamburgo. O Cruzeiro esboçou reação e reagiu no fim, com gol de Matheus, após bom lançamento de Claudinho.

Contudo, as esperanças da equipe azul e branco foram por água abaixo nos acréscimos. Wellington Paulista recebeu pela meia esquerda, se livrou da marcação e soltou a bomba no ângulo esquerdo do goleiro adversário, dando números finais ao placar em Novo Hamburgo.

O duelo da semifinal contra o Caxias será no próximo dia 26, quinta-feira, com mando de campo do clube colorado por ter obtido melhor campanha na fase inicial. Já do outro lado da chave, Grêmio x Juventude e Brasil x Novo Hamburgo decidem as outras duas vagas da semi.

Tags: futebol, Gaúcho, inter, semi, sufoco

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.