Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Esportes

Comissão aprova limitação de mandatos do COB e confederação de clubes

Agência Câmara

A Comissão do Esporte da Câmara aprovou proposta que obriga entidades desportivas ligadas ao Comitê Olímpico Brasileiro, ao Comitê Paralímpico Brasileiro e à Confederação Brasileira de Clubes a limitarem em quatro anos os mandatos de seus presidentes e vice-presidentes, autorizada uma reeleição.

A medida altera a Lei Pelé (9.615/98) e torna a alternância de comando nessas entidades desportivas sem fins lucrativos pré-requisito para que elas continuem a receber recursos públicos da administração pública federal direta e indireta.

O texto aprovado é o substitutivo do relator, deputado Romário (PSB-RJ), para o Projeto de Lei 4464/12, do deputado Augusto Coutinho (DEM-PE).

Segundo o relator, que é favorável à alternância de comando nas entidades desportivas, a definição do mandato de quatro anos decorre de emenda do deputado Renan Filho (PMDB-AL). O projeto original previa mandatos de três anos.

Romário também decidiu incluir na proposta dispositivo que condiciona o recebimento dos recursos das loterias também à limitação do mandato de quatro anos para dirigentes de entidades desportivas.

O substitutivo, por fim, também deixa explícito no texto da Lei Pelé que qualquer cidadão é parte legítima para apresentar denúncias sobre irregularidades em contratos públicos.

O descumprimento injustificado das medidas provoca rescisão do contrato de desempenho por parte do Ministério do Esporte. 

O projeto tem caráter conclusivo e ainda será analisado pela Comissão Constituição e Justiça e de Cidadania.

Tags: comandos, confederações, Esportes, projetos, tramitação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.