Jornal do Brasil

Terça-feira, 22 de Julho de 2014

Esportes

No Pacaembu, São Paulo vence clássico e complica Corinthians

Portal Terra

Depois de 12 clássicos sem vitória, o São Paulo superou seu jejum particular em grande estilo. Neste domingo, em Pacaembu repleto de corintianos, venceu o clássico por 3 a 2 e complicou as possibilidades do rival para o Campeonato Paulista. Rodrigo Caio, de cabeça, anotou o gol da vitória, na sequência de Luís Fabiano e também de PH Ganso, autor de um golaço. Os anfitriões marcaram duas vezes em gols contra de Antônio Carlos. 

Com 20 pontos, o Corinthians dependerá de tropeço do Ituano, que tem 22 pontos, para avançar. Curiosamente, o próprio São Paulo enfrenta o time de Itu no próximo domingo, no Morumbi. É a penúltima rodada da primeira fase. Já o próximo compromisso corintiano é diante do Penapolense domingo. 

Sem vitórias em clássicos desde a última rodada do Campeonato Brasileiro de 2012, contra o próprio Corinthians no Pacaembu, o São Paulo mostrou bastante atitude e qualidade para vencer. Saiu atrás do marcador, mas alcançou a virada e depois definiu a vitória graças a Rodrigo Caio. Desfalcado de Jadson, o time corintiano teve bons momentos, mas sucumbiu diante de seus torcedores. 

Mesmo sem o meia Jadson, desfalque por conta de detalhes acordados entre os clubes na negociação que envolveu Alexandre Pato, o Corinthians começou melhor. Aos 10min, a equipe da casa pressionava, e havia ameaçado em boa cabeçada do substituto Renato Augusto. Então saiu o gol: no segundo pau depois de escanteio, Luciano chutou cruzado para a área, Antônio Carlos errou o corte e colocou contra as próprias redes. 

Em desvantagem, o São Paulo mudou sua atitude e foi buscar, com justiça, o empate no Pacaembu. PH Ganso estava bem e ficou melhor ainda com um golaço marcado aos 39min. Pelo lado esquerdo, e de longe, Ganso recebeu de Álvaro Pereira e colocou no ângulo oposto de Cássio. O goleiro corintiano voou na bola, mas não tinha a menor chance de alcançar e evitar o belo gol. Pabon, logo depois, ainda quase anotou. 

Expulso por reclamação pouco antes do intervalo, Mano Menezes determinou uma troca no intervalo. Ainda sem as condições físicas ideais, Renato Augusto saiu para a entrada de Guerrero. O volante são-paulino Souza, com dores, foi substituído pelo volante Wellington. Independente das trocas, foi o São Paulo que manteve o controle do jogo no reinício. 

Bem na partida sempre pela direita, a dobradinha entre o lateral Douglas e o atacante Pabon funcionou sobre o corintiano Uendel. Do fundo, o colombiano rolou para a conclusão precisa de Luís Fabiano aos 6min. Foi o nono gol do artilheiro são-paulino em 2014. 

Apagado no clássico desde o primeiro gol, o Corinthians enfim acordou diante de uma derrota que prejudicaria suas pretensões no Campeonato Paulista. O atacante Luciano chamou a responsabilidade nos lances seguintes. Da esquerda, colocou bola venenosa, mas Guerrero não alcançou. 

Aos 15min, porém, veio o empate graças ao atacante peruano. Lançado em velocidade, Guerrero levou a marcação e chutou cruzado - Rogério Ceni se preparava para a defesa, mas Antônio Carlos antecipou errado e, mais uma vez, colocou para as próprias redes. Depois de comunicação, a arbitragem optou por creditar gol contra para o zagueiro são-paulino. 

O São Paulo estava firme no jogo e voltou a demonstrar isso na reta final. Aos 34min, um ótimo cruzamento de Osvaldo encontrou a cabeça de Rodrigo Caio para a conclusão precisa. Uendel, que estava no lance, novamente falhou defensivamente. Os corintianos ainda tentaram a pressão, mas faltou força para buscar o empate e impedir a vitória tricolor.

Tags: Campeonato, clássico, jogo, partida, SP, timão

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.