Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

Esportes

Jogos Paralímpicos de Sochi sofrem boicote de diversos países

Agência ANSA

Os Jogos Paralímpicos de Sochi nem começaram e já foram anunciados boicotes de diversos países à cerimônia de abertura do evento nesta sexta-feira (7). Estados Unidos, Grã-Bretanha, Noruega, Finlândia e França divulgaram que não enviarão nenhum representante oficial ao evento - que contará com a presença do presidente russo, Vladimir Putin. Os atletas desses países participarão normalmente dos Jogos.    

A decisão foi tomada após o governo russo estar diretamente envolvido na grave crise política da Ucrânia, especialmente por manter suas tropas em alerta na Crimeia. Já a delegação ucraniana informou que não irá boicotar o evento em nome da paz. O chefe do comitê olímpico da Ucrânia, Valeri Sushkevich, declarou que "ficaremos para os Jogos e queremos competir pela paz em nosso país. Não se pode iniciar uma guerra durante as Paralimpíadas. Espero que a equipe nacional possa obter um resultado digno".

Doping

Foi confirmado o primeiro caso de doping nos Jogos Paralímpicos. O atleta italiano Igor Stella, 23, que competiria pela equipe de hóquei no gelo deu positivo para esteroides anabolizantes. Ele já foi suspenso pela equipe italiana. 

Tags: deficientes, Inverno, olimpíadas, putin, russia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.