Jornal do Brasil

Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Esportes

"Precisava de respeito no banco", diz Diego Alves sobre Felipão

Portal Terra

A presença de um treinador experiente na Seleção Brasileira leva mais tranquilidade a Daniel Alves. Nesta terça-feira, véspera do amistoso contra a África do Sul em Johannesburgo, o lateral direito elogiou Luiz Felipe Scolari, mas deixou nas entrelinhas uma possível lacuna no currículo do antecessor, Mano Menezes.

"A experiência de ter passado por outras Copas ajuda. A gente precisava desse respeito no banco. Precisávamos que olhassem para o banco (do Brasil) e vissem um campeão, e hoje temos dois (Felipão e Carlos Alberto Parreira)", disse Daniel Alves, que será reserva na quarta-feira para que Rafinha seja observado. 

A definição de um time base, com poucas alterações, foi outro mérito que Daniel Alves deu ao chefe atual, campeão no ano passada da Copa das Confederações. Novamente, uma lacuna apontada sobre Mano.

"A proeza do Felipão é a constância que estava faltando nas convocações e ideias claras do que queríamos. Com a experiência do Felipão, ele conseguiu fazer em um curto período e isso nos ajudou a ter respeito mundial. As pessoas olham com respeito que antes não havia", declarou.

Em termos de vestiário, Daniel Alves disse que o relacionamento entre o treinador e os jogadores é moldado por espontaneidade. "Ele tem ideias claras e o grupo absorveu isso. A experiência se encaixou na vontade desse grupo. Não falo só futebolisticamente, mas humanamente. O grande mérito do Felipão é ser espontâneo", elogiou. 

Tags: . felipão, Amistoso, brasileira, lateral, seleção

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.