Jornal do Brasil

Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

Esportes

Maradona destrincha Messi e vê Neymar solitário na Seleção

Portal Terra

Em entrevista ao jornal La Nación, Diego Armando Maradona falou exaustivamente a respeito de Lionel Messi e a seleção argentina, justamente treinada por ele na última Copa do Mundo. Além de contar sobre a experiência com Messi na África do Sul, Maradona falou sobre as possibilidades de o jogador fazer a diferença no Brasil. Que, segundo Diego, é carente no ataque. 

"Pode ser, pode ser", disse sobre as chances de um 'Maracazo' argentino. "Mas viu o que se passa no Brasil? Mesmo com um grupo fácil, Mundial é Mundial e se apertam os espaços aos grandes. Está Espanha, Alemanha e o Brasil. Com uma defesa tremenda. Você pensa na defesa brasileira e vem à cabeça seis ou sete nomes. Pensa no ataque e te vem apenas Neymar. Para Lio (Messi) será um prova de caráter sacar todo esse choro que tem no coração. Brasil 2014 pode ser sua grande revanche". 

Maradona contou que Messi chorou muito quando a Alemanha sacou a Argentina nas quartas de final da última Copa do Mundo. Segundo ele, uma prova de quanto Lionel deseja o Mundial. "Tenho nos meus ouvidos, e creio que não irá de mim, o som do choro de Messi quando ficamos fora. Me aproximei e disse que teria um monte de Mundiais de revanche. Disse a ele com o coração e os argentinos têm que saber, porque quando dizem que não sente a camisa, não canta o hino. São bobagens". 

Ainda que a campanha tenha sido decepcionante e Messi não tenha marcado gols, Maradona fez elogios para a última Copa do Mundo do melhor jogador argentino. "Foi um Mundial excepcional comigo. Excepcional. Por que não fez nenhum gol? Isso acontece com os goleiros. Insisto: para mim, um Mundial bárbaro". 

Tags: atacantes, brasil, Copa, Messi, seleções

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.