Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

Esportes

Felipão pede para atletas morrerem por clubes: eles é que pagam

Portal Terra

A 100 dias da estreia na Copa do Mundo, Luiz Felipe Scolari quer que os jogadores tenham vida normal em seus clubes e não tirem o pé pensando na competição. O treinador da Seleção Brasileira mandou o recado em meio à entrevista que antecede o amistoso contra a África do Sul nesta quarta-feira, em Johannesburgo, mesmo sem ser questionado diretamente sobre o assunto.

“A primeira coisa que eu quero é que ele defenda o clube, que morra pelo clube, que faça o esforço necessário. Só será chamado pelo esforço no seu clube. Algumas pessoas dizem que A ou B está se poupando. Mas se se estiver poupando, posso não levar. Quando treino clubes, eu sempre peço o impossível para eles. Quem paga é o clube , não a Seleção Brasileira”, disse.

O jogo contra a África do Sul marca o último da Seleção antes da convocação, que será realizada no dia 7 de maio no Rio de Janeiro. Com o grupo reunido, o Brasil vai enfrentar ainda Sérvia e Panamá antes da estreia contra a Croácia, no dia 12 de junho.

 

Tags: áfrica, Amistoso, brasileira, Felipão, seleção

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.