Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Esportes

Sanchez: "Marco Polo del Nero é um mal para o futebol"

Portal Terra

Marco Polo del Nero deve ser o candidato da situação na eleição para a presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que está prevista para abril deste ano. Na última sexta-feira, a namorada do cartola chegou a falar animada sobre a expectativa de se tornar a "primeira-dama" da entidade que rege o futebol nacional. Já neste sábado, foi a vez de Andrés Sanchez comentar sobre a disputa eleitoral.

O ex-presidente do Corinthians faz parte da oposição ao presidente José Maria Marin e, ao ser questionado pela reportagem do Terra antes do desfile da Gaviões da Fiel, em São Paulo, definiu a situação em uma frase: "Marco Polo del Nero é um mal para o futebol".

O nome de Andrés foi por muito tempo especulado como o escolhido pela oposição para participar da eleição presidencial da CBF, mas Francisco Novelletto Neto, da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), foi definido para tentar participar do pleito.

O dirigente ainda falou sobre a entrevista que concedeu ao jornal suíço Neue Zürcher Zeitung (NZZ), que foi obtida na íntegra pelo Terra. Na conversa com um jornalista europeu, Andrés disse que pretende retornar ao Corinthians e que vai "quebrar todo esse sistema da CBF". Neste sábado, o ex-presidente do clube alvinegro negou que tenha essa pretensão.

"Nem tem como fazer isso. Nem desejo. O que eu disse é que pretendo mudar o modelo arcaico que tem hoje no futebol brasileiro. Temos que rever como funciona o futebol atual. O que eu pretendo é que os clubes possuam mais autonomia. Foi isso que eu disse. Pretendo voltar ao Corinthians em 2018 para mudar este modelo. Atualmente, tudo o que acontece no estádio é responsabilidade dos clubes. Não pode ser assim", afirmou Andrés. 

Tags: brasileira, confederação, futebol, marin, sucessão

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.