Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Esportes

Em 1º grande teste, Damião tenta convencer torcida e Felipão

Portal Terra

O primeiro gol pelo Santos, que encerrou jejum pessoal de 595 minutos sem marcar, animou Leandro Damião. Depois de balançar as redes contra o Atlético Sorocaba, o centroavante alvinegro já se mostrou confiante para o seu primeiro clássico pelo novo clube. E ele sabe que o duelo com o São Paulo, neste domingo, no Morumbi, não é somente seu grande teste desde a chegada ao time da Vila Belmiro: é também, talvez, a última chance de convencer o técnico Luiz Felipe Scolari para ainda chegar à Copa do Mundo de 2014.

A partida pode ser a última, de fato, antes da convocação dos jogadores que atuam no Brasil para o amistoso contra a África do Sul, que será feita entre 26 e 28 de fevereiro. Damião tenta estar na lista para manter vivas as chances de ir ao Mundial, já que este é o jogo final da Seleção Brasileira antes da convocação definitiva para a Copa, em 7 de maio.

A função do centroavante reserva de Fred é uma das vagas em aberto no elenco do Brasil. Após um ano instável em termos de gols, Damião corre por fora – Jô, do Atlético-MG, e Alan Kardec, do Palmeiras, parecem estar à sua frente no momento. Mas o novo camisa 9 santista, que iria à Copa das Confederações se não fosse por uma lesão de última hora, ainda pode galgar posições e voltar à preferência de Felipão. Para isso, precisará antes convencer outro "observador" que pode ser ainda mais exigente: a torcida do Santos.

Contratado por R$ 42 milhões junto ao Internacional, Damião entrou no time do Santos há quatro rodadas, contra o Linense, e mudou totalmente o estilo do time. A equipe de Oswaldo de Oliveira vinha jogando com o jovem Gabriel como centroavante – um jogador rápido e móvel, totalmente contrário ao "camisa 9 clássico" que o ex-colorado representa.

A mudança foi sentida, e a equipe que vinha de goleadas contra Corinthians e Botafogo-SP parou de encantar. Apesar de três vitórias em quatro jogos, o time ainda tenta se adaptar às características de Damião, que contribui de forma bem diferente à de Gabriel (veja quadro de estatísticas ao lado). Provar que pode substituir o jovem xodó e ser o homem-gol de que o Santos precisa é a missão número 1 de Damião, com início marcado para o clássico deste domingo.

O técnico Oswaldo de Oliveira acredita que só uma sequência de gols pode ajudar no desenvolvimento do centroavante, a quem fez elogios e defendeu da exposição sofrida pelos altos valores de sua negociação. Resta agora, então, Damião deslanchar pelo Santos. O histórico contra o agora rival é bom: antes do jejum, o São Paulo foi justamente a última equipe contra quem ele havia marcado pelo Inter. E assim como Oswaldo e os santistas, Felipão também está de olho.

Tags: clube, damiao;, felipao;, santos;, sp;

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.