Jornal do Brasil

Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Esportes

Melhor brasileira da história do esqui pode ter dado adeus

Portal Terra

A brasileira Maya Harrisson conquistou na última sexta-feira o melhor resultado de uma atleta feminina no esqui alpino ao terminar em 39º lugar no slalom – o anterior era de Evelyn Schuler na 40ª colocação no slalom gigante em Albertville 1992. No entanto, Sochi 2014 deve ter sido a última participação da atleta em Jogos Olímpicos.

Adotada por estrangeiros e levada para a Suíça ainda na infância, Maya, 21 anos, está planejando dar mais foco aos estudos nos próximos anos e provavelmente não teria como manter em paralelo a carreira de esquiadora em competições de alto nível para uma nova tentativa de vaga olímpica em Pyeongchang 2018.

“Eu ainda não sei. Mas acho que sim”, disse Maya, em inglês, ao ser questionada se Sochi seria a sua última Olimpíada. “Eu terminei o colegial e fiquei no último ano no esqui, esqui, esqui e lutando pela classificação (olímpica). Tenho de começar de novo (a estudar) na universidade”, completou.

O ouro no slalom ficou com a americana Mikaela Shiffrin, seguida respectivamente pelas austríacas Marlies Schild e Kathrin Zettel. Favoritas, a alemã Maria Riesch (quarta) e a eslovena Tina Maze (oitava) ficaram fora do pódio.

Maya,estreou em Vancouver 2010 e teve como seu melhor resultado um 48º lugar no slalom. Em Sochi, nas provas disputadas no Rosa Khutor Alpine Center, ela já havia terminado em 54ª no slalom gigante. “Acho que em termos de resultados fui melhor que em Vancouver, mas com relações aos tempos acho foram muito ruins”, criticou.

O Brasil ainda tem mais uma participação para fechar o esqui alpino. Jhonatan Longhi disputará neste sábado o slalom, às 9h45 (de Brasília), prova na qual o atleta que cresceu na Itália disse: “eu sou fo...”.

Tags: conquistou, esqui, maya, melhor, resultado

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.