Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Esportes

Fifa se reúne com Inter e nega chance de Beira-Rio ficar fora da Copa

Portal Terra

Com problemas para encontrar soluções para o financiamento das estruturas complementares que serão colocadas no Beira-Rio para a Copa do Mundo, o Inter recebeu, nesta segunda-feira, uma reunião de membros da Fifa e do Governo que discutiram a questão. Em nota, a entidade internacional que comanda o futebol reafirmou que não há possibilidade do estádio colorado ser tirado do Mundial. 

Estiveram presentes no encontro o secretário-executivo do Ministério do Esporte, Luis Fernandes, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, o CEO do Comitê Organizador Local (COL), Ricardo Trade, o vice-governador do Rio Grande do Sul, Beto Grill, o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, além do presidente do Internacional, Giovani Luigi.

De acordo com a Fifa, a prefeitura, o governo do Estado e o Inter se propuseram a entregar uma solução para o problema até o próximo dia 20, quando o Beira-Rio será inaugurado oficialmente, com a presença da presidente Dilma Rousseff.  O Inter rechaça pagar pelas estruturas temporárias do estádio e já ameaçou tirar o estádio do evento - a Fifa também não admite pagar o valor de cerca de R$ 30 milhões pelas estruturas. 

Veja a nota oficial emitida pela Fifa: 

Em encontro realizado nesta segunda-feira (17/2) em Porto Alegre, o governo do Estado do Rio Grande do Sul, a Prefeitura de Porto Alegre e o Sport Club Internacional se comprometeram a apresentar uma solução conjunta para os problemas financeiros em relação às estruturas complementares ao Estádio Beira-Rio até quinta-feira, 20 de fevereiro. O anúncio está previsto para acontecer no mesmo dia da inauguração do Beira-Rio, que contará com a presença da presidente da República Dilma Rousseff.

O encontro teve a participação do secretário executivo do Ministério do Esporte, Luis Fernandes, do secretário-geral da FIFA, Jérôme Valcke, do CEO do Comitê Organizador Local (COL), Ricardo Trade, do vice-governador do Rio Grande do Sul, Beto Grill, do prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, e do presidente do Internacional, Giovani Luigi.

FIFA e COL gostariam de reiterar que não está em discussão se Porto Alegre será ou não sede da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. O Beira-Rio está pronto para receber partidas de futebol. A questão é a transformação do estádio para receber jogos da Copa do Mundo da FIFA. Todas as partes estão compromissadas e trabalhando com empenho para encontrar uma solução para a questão das estruturas complementares.

Tags: atrasos, brasil, estádios, Fifa, Obras

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.