Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Esportes

Após vitória, brasileiro do UFC brinca: "entrei com vontade de matar"

Charles do Bronx admitiu que precisava muito da vitória para se recuperar no UFC

Portal Terra

Único lutador a conseguir finalizar seu adversário na madrugada deste domingo, em Jaraguá do Sul, o peso pena Charles do Bronx se empolgou com a vitória contra o inglês Andy Ogle. Ele contou que entrou muito empolgado para o combate por causa do grito tradicional da torcida brasileira, o "uh! Vai morrer!".

"Cheguei aqui para encarar esse duelo como se fosse uma guerra. Na minha hora só estava focado no meu adversário. Mas, quando entrei, escutei a torcida ao meu lado e com aquele grito de 'uh vai morrer' você acaba entrando com vontade de matar o oponente mesmo (risos). Não gosto de machucar ninguém, mas fui para cima e lutei bem", orgulhou-se.

Foi realmente um dos destaques da noite: Charles garantiu sua décima finalização na carreira e o primeiro prêmio da história do evento de melhor performance da noite. Mas não chega a ser uma surpresa: ele já soma cinco prêmios no UFC, entre melhores lutas, finalizações e este último, contra Ogle.

A vitória contra Ogle, com um triângulo, só veio no terceiro round. Charles ressaltou a qualidade do oponente: "enfrentei um cara duro demais, defendia bem as quedas, mas de tanto insistir, consegui sair com a finalização", afirmou ele, que vinha de duas derrotas no UFC. "Precisava demais desse resultado e neste ano quero vencer tudo", comemorou.

Bem colocado no ranking dos pesos penas, Charles inclusive já tem um adversário em mente para o próximo combate: "quero fazer mais três lutas neste ano e, no início de 2015, disputar o cinturão. Minha ideia agora é encarar novamente o Cub Swanson, porque, quando nos enfrentamos, eu estava lesionado e não pude atuar da maneira que gostaria", concluiu.

Tags: Brasileiro, charles, lutas, mma, Vitoria

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.