Jornal do Brasil

Quarta-feira, 27 de Agosto de 2014

Esportes

Isabel Clark fica na 14ª colocação do snowboard cross dos Jogos de Sochi

Jornal do Brasil

Isabel Clark ficou muito próxima de passar para as semifinais da competição de snowboard cross dos Jogos Olímpicos Sochi 2014 neste domingo, dia 16. Porém, uma queda nas quartas de final, quando a atleta estava entre as que se classificariam, a deixou na 14ª colocação, a melhor colocação do Brasil até agora em Sochi. Isabel Clark ainda é responsável pelo melhor resultado brasileiro em Jogos de Inverno, a nona colocação em Turim 2006, na mesma prova.

Além de Isabel, várias atletas caíram na exigente pista do Parque Radical de Rosa Khutor. "Fiquei triste quando cai porque eu sabia que era possível passar para as semifinais e brigar para chegar à final. Eu estava me sentindo bem, estava contente com a minha adaptação e fiz bons treinos. Mas a pista estava bem exigente e aconteceram várias quedas. Eu me desconcentrei um pouco quando uma menina caiu na minha frente", disse Isabel. "Sei que representei bem o Brasil. Poderia ser melhor, mas o snowboard cross é assim mesmo, uma competição muito dura e imprevisível", afirmou a carioca.

Isabel Clark iniciou bem a competição. A brasileira terminou a primeira bateria individual em 12ª entre todas as atletas e dessa forma não precisou realizar a segunda descida. "Foi uma boa primeira descida. Fiquei contente com a colocação e não tive que descer a segunda vez. Por um lado é bom porque economizei energia para as finais. Mas, por outro, seria bom dar outra descida para ir acostumando com a pista. Mas aqui foi bom, porque a pista estava muito desgastante", explicou Isabel.

Na primeira fase, as atletas desceram a pista individualmente, contra o relógio. O tempo feito determinou a distribuição das 24 atletas nas baterias da próxima fase. A partir daí, as competidoras passaram a se enfrentar em baterias com seis atletas. As três primeiras de cada bateria avançaram para a próxima fase, até a final, também com seis atletas na pista. A vencedora e medalhista de ouro foi a tcheca Eva Samkova; a medalha de prata ficou com a canadense Dominique Maltais, e o bronze com a francesa Chloe Trespeuch.  

Isabel não largou bem nas quartas de final, mas estava se recuperando. Quando caiu, já estava entre as três que se classificariam para a semifinal. "A minha largada não foi tão boa e acabei ficando um pouco pra trás. Mas estava me recuperando, ganhando velocidade e ultrapassando as outras atletas. No penúltimo salto, que é um salto grande com uma aterrisagem dura, perdi um pouco da concentração porque vi uma menina caindo na minha frente e acabei caindo também, infelizmente", disse a brasileira, que não quis reclamar da pista que derrubou várias atletas. "A pista é boa, mas é uma pista longa com obstáculos grandes e que demanda muito fisicamente", afirmou a brasileira.

O Brasil participa dos Jogos Sochi 2014 quebrando recordes de atletas e modalidades classificados para uma edição de Jogos Olímpicos - 13 atletas em sete modalidades, com estreias no bobsled feminino, patinação artística, esqui aéreo e biatlo. Além disso, o Time Brasil é a maior delegação latino-americana em Sochi.

Tags: brasileira, desclassificada, Inverno, olimpíadas, russia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.