Jornal do Brasil

Terça-feira, 29 de Julho de 2014

Esportes

Reencontro da torcida com Beira-Rio é marcado por emoção

Portal Terra

Após mais de um ano "perambulando" por estádios da região metropolitana e do interior gaúcho, o torcedor colorado pode, enfim, reencontrar sua casa. Reformado para sediar quatro jogos da Copa do Mundo, o Beira-Rio foi aberto ao público pela primeira vez neste sábado para a partida contra o Caxias, válida pelo Campeonato Gaúcho.

O resultado da partida, porém, parece ser o que menos motivou os 10 mil sócios colorados que se apressaram para garantir um lugar no estádio. "Vencer é sempre bom, mas importante mesmo vai ser reencontrar a velha casa. Voltar a jogar em um estádio com alma", disse Marcelo Bombassaro, um dos primeiros torcedores a entrar no Beira-Rio reformado.

"Eu tô em casa, p****!", gritava um torcedor, emocionado após ter o acesso liberado por uma das catracas eletrônicas. Uma vez nas dependências do estádio, os colorados repetiam o mesmo ritual: câmera em mãos, tratavam de registrar cada detalhe do momento histórico.

O novo Beira-Rio impressiona logo na chegada. Marca registrada de sua nova fase, a cobertura de folhas metálicas era o principal alvo das câmeras dos colorados, que, apesar de encantados com as novidades, tentavam reconhecer algo familiar no palco das maiores glórias do Internacional. "Vou tentar sentar o mais próximo possível de onde eu sempre assistia os jogos. É muita emoção", disse Bombassaro.

Ajustes de última hora

"Desculpe o transtorno, estamos em obras." O aviso, afixado em uma das grades que disciplinavam a entrada de torcedores, deixava claro que, apesar da reabertura, ainda há muito trabalho pela frente no novo Beira-Rio.

Poucas horas antes da entrada dos torcedores, bombeiros e membros do Ministério Público faziam a última simulação de evacuação do estádio. Com o resultado considerado satisfatório, o acesso do público foi liberado apenas a parte do anel inferior, enquanto funcionários do clube improvisavam os últimos ajustes no estádio.

Em um dos bares recém inaugurados, operários faziam reparos na instalação elétrica; em uma das rampas de acesso à arquibancada, funcionários derrubaram, às pressas, os tapumes que impediam a passagem; na ausência de lixeiras, caixas de papelão foram espalhadas em abundância pela área interna do estádio. Nada que pudesse estragar a festa dos colorados: "voltamos pro Beira-Rio!"

Tags: construtora, estádio, inter, reinauguração, RS

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.