Jornal do Brasil

Domingo, 14 de Setembro de 2014

Esportes

Inter projeta economia de R$ 36 milhões após liberação de 30 jogadores

Portal Terra

A direção do Inter abriu a temporada de 2014 com o objetivo de diminuir radicalmente os gastos no departamento de futebol. Nos primeiros dois meses deste ano mais de 30 jogadores foram liberados por empréstimo, rescisão de contrato, venda, liberação amigável, além da não renovação contratual daqueles jogadores que tiveram os seus compromissos encerrados em dezembro de 2013. Segundo o vice de futebol Marcelo Medeiros a dispensa de quase três times de futebol, vai gerar uma economia na folha de pagamento de aproximadamente R$ 3 milhões por mês.

"Este é o pensamento, foram liberados quase 33 jogadores. Os que foram emprestados o clube que contratou vai pagar o salário de maneira integral, sem custo para o Inter. Tem jogadores que tiveram a sua rescisão de maneira amigável, casos do atacante Forlán e do meia atacante Marcos Aurélio. Além dos jogadores que estavam no ano passado e não tiveram os seus contratos renovados, como os laterais Kleber e Gabriel. Esta reformulação vai gerar uma economia de quase R$ 36 milhões na temporada de 2014”, destacou Marcelo Medeiros, vice-presidente de futebol do Inter.

Nesta semana mais dois jogadores deixaram o elenco colorado. O meia Alex Nemetz, que atuou no Campeonato Gaúcho deste ano pelo time sub-23, foi emprestado para o Atlético-GO. E o lateral direito Ednei, que chegou a ser titular na temporada 2013, acabou acertando a sua rescisão de contrato com o Inter e foi para a Chapecoense.

Do atual grupo colorado dois jogadores ainda estão com as suas situações indefinidas, o volante Elton e o goleiro Lauro. Os dois estão fora dos planos do técnico Abel Braga e caso não apareça nenhum clube interessado pelo empréstimo a direção estuda fazer uma rescisão contratual amigável com os dois jogadores.

Tags: . inter, elenco, gastos, redução, Sul

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.