Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Setembro de 2014

Esportes

Copa do Mundo: comunidades cariocas reclamam dos preços das entradas

Jornal do Brasil

Apaixonados pelo futebol como a maioria dos brasileiros, os moradores das comunidades do Rio de Janeiro se sentem indignados com o valor dos ingressos para as partidas da Copa do Mundo no Brasil. No morro da Providência, Zona Portuária da cidade, a população deve acompanhar os jogos do Brasil apenas em comemorações populares pelas ruas da comunidade, que vão receber as cores verde e amarelo em pinturas em muros e na fachada das casas. 

"Ninguém terá dinheiro para comprar os bilhetes para assistir às partidas", disse o presidente da Associação de Moradores da Providência, Maurício Hora. Para Maurício, o brasileiro ainda não "percebeu" o preço dos ingressos tabelados pela Fifa, porque deixa a compra sempre para o minuto final. "Na hora que todo mundo resolver adquirir as entradas, vai tomar um grande susto, pois descobrirá que a Copa não é para todos. Com certeza teremos mais protestos em função desse assunto", disse ele. 

>> Copa do Mundo: até nos 'celeiros de craques' os ingressos são "sonho distante"

Para moradores da Providência, Copa do Mundo, só pela televisão
Para moradores da Providência, Copa do Mundo, só pela televisão

Nas ruas da Providência, raramente alguém comenta sobre Copa do Mundo e o assunto ainda não ganhou muita importância, especialmente antes do Carnaval. Porém, Maurício acredita que quando se aproximar a abertura dos jogos os moradores vão mobilizar, mas só nas ruas da comunidade, já que ir para os estádios estará proibitivo. "O jeito será comemorar fora dos estádios. E não é apenas a Providência que não vai conseguir comprar os ingressos, mas quase toda a população que ganha salário mínimo", ressaltou Maurício. 

O presidente da Associação de Moradores ainda faz uma análise bem humorada da situação. "Ao invés de pagar mais de R$ 300 por um bilhete que terá a validade de apenas uma partida, ou seja, poucas horas, o brasileiro ganha mais gastando esse dinheiro com a compra de uma televisão nova, que será um investimento para toda a sua família", ironiza Maurício.

Tags: comemorações, comunidades, futebol, moradores, populares, providência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.