Jornal do Brasil

Sexta-feira, 1 de Agosto de 2014

Esportes

Cerimônia de Abertura de Sochi 2014 emociona brasileiros

Jaqueline Mourão foi a porta-bandeira da delegação brasileira 

Jornal do Brasil

O Time Brasil iniciou a participação nos Jogos Olímpicos Sochi 2014 recebendo aplausos. A maior delegação brasileira a se classificar para uma edição olímpica de inverno foi muito bem recebida pelo público que lotou o estádio Fisht para a Cerimônia de Abertura da competição, nesta sexta-feira, dia 7. A porta-bandeira Jaqueline Mourão, que participa de sua quinta edição olímpica, desfilou à frente de outros 20 representantes do Brasil, entre atletas e oficiais. A cerimônia foi uma celebração da história e cultura russas.

"Eu já participei de outros quatro Jogos Olímpicos, mas nunca vou me esquecer deste dia. Fiquei nervosa no início do desfile. Eu tentei passar a minha energia para todo mundo dentro do estádio, por isso balancei bastante a bandeira. Achei que passou rápido. Com a energia que eu estava, dava mais umas três voltas no estádio", afirmou Jaqueline, que conseguiu perceber os aplausos com que a delegação brasileira foi recebida. "O reconhecimento e o carinho das pessoas pelo Brasil é sempre especial", disse Jaqueline, que abre a participação brasileira em Sochi disputando a prova de Sprint 7,5km do biatlo, no domingo, dia 9.

Além de ser a única latino-americana classificada para as provas de biatlo, Jaqueline também disputará o esqui cross country. Com a participação em Sochi, a atleta mineira se torna a única - entre homens e mulheres - a competir em duas edições de Verão e três de Inverno.

Ao todo, 88 países desfilaram na Abertura. O Brasil foi o 15º país a entrar no estádio Fisht. Entre os atletas, desfilaram Fabiana Santos, Sally Mayara, Edson Bindilatti, Edson Martins, Fábio Silva, Odirlei Pessoni (bobsled), Isabel Clark (snowboard), Josi Santos (esqui aéreo), Isadora Williams (patinação artística), Maya Harrison (esqui alpino), Leandro Ribela (esqui cross country) e Jaqueline Mourão, assim como os técnicos principais e o chefe da Missão Brasileira, Stefano Arnhold. Apenas o esquiador Jhonatan Longhi, que chega a Sochi na próxima sexta, não desfilou.

Edson Bindilatti, piloto da equipe de bobsled do Brasil, já participou de quatro desfiles, contando abertura e encerramento das duas edições de Jogos de Inverno em que esteve presente, em Salt Lake 2002 e Turim 2006. Mesmo assim, se sentiu um estreante. "Parece que essa foi a primeira vez que eu desfilei. Muita emoção em representar o Brasil mais uma vez", disse o piloto da equipe de bobsled nacional. 

Para o estreante Odirlei Pessoni, também do bobsled, a Cerimônia de Abertura foi um sonho realizado. "Estou sentindo uma emoção muito grande. Passou um filme na minha cabeça. Toda luta e todo sacrifício que fiz para participar dos Jogos Olímpicos. Não foi fácil, mas já está valendo a pena", afirmou Odirlei, que, além de atleta, é o mecânico do bobsled brasileiro.

O Brasil participa dos Jogos Sochi 2014 quebrando recordes de atletas e modalidades classificados - 13 atletas em sete modalidades, com estreias no bobsled feminino, patinação artística, esqui aéreo e biatlo. Além disso, o Time Brasil é a maior delegação latino-americana em Sochi.

A maior delegação brasileira em Jogos Olímpicos de Inverno antes de Sochi foi a de Salt Lake 2002 com dez atletas em quatro modalidades. Na última edição, em Vancouver 2010, o Brasil participou com cinco atletas em três modalidades. A primeira participação brasileira foi em Albertville, em 1992.  

Tags: brasil, delegação, Inverno, jogos, russia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.