Jornal do Brasil

Sábado, 1 de Novembro de 2014

Esportes

Schumacher completa 1 mês em coma com futuro em dúvida

Portal Terra

Já faz um mês: era uma manhã tranquila do dia 29 de dezembro de 2013, um domingo antevéspera da virada de ano, quando o mundo do automobilismo foi abalado por uma notícia. O heptacampeão Michael Schumacher teria sofrido um acidente “sério” de esqui no sul da França. A informação inicial, de uma rádio francesa, rapidamente foi confirmada e ganhou as manchetes do mundo inteiro. Prognósticos iniciais diziam que o estado não era grave, mas, ainda ao fim daquele 29 de dezembro, o panorama mudaria.

Não só a situação era bastante tensa – naquele mesmo dia o ex-piloto teve o quadro deteriorado e entrou em coma –, como ainda, passado um mês, não foi revertida.  Ao longo dos últimos 30 dias, o ídolo e seus familiares passaram por drama atrás de drama.

Invasão de jornalistas, assédio da imprensa, exames inconclusivos, temor sobre o futuro e um estado de saúde sem prazo para ser revertido. A única coisa que continua intacta após tantos dias de sofrimento é a luta do heptacampeão pela vida. Se a situação durará dias, semanas, meses ou anos, os familiares de Schumacher não sabem. No entanto, deixaram claro ao longo deste um mês que imploram por apenas uma coisa: paz.

Tags: acidente, alemão, crânio, F1, piloto

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.