Jornal do Brasil

Sexta-feira, 25 de Julho de 2014

Esportes

AshleyMadison.com oferece proposta para patrocínio da Arena da Baixada

Jornal do Brasil

O site AshleyMadison.com apresenta ao mercado uma ideia excêntrica – e o futebol é a bola da vez. O Atlético Paranaense (CAP) recebeu na última quinta-feira (23) a proposta de patrocínio do site para o estádio Arena da Baixada (pertencente ao clube) no valor de R$ 4 milhões.

"Sabemos que Curitiba corre o risco de ficar fora da Copa por causa do atraso nas reformas do estádio, e gostaríamos de investir no Atlético Paranaense neste momento crucial para auxiliar nas obras", explica Eduardo Borges, diretor-geral do site no Brasil.

A oferta de R$ 4 milhões foi feita diretamente pelo CEO do AshleyMadison.com mundial, Noel Biderman, para o presidente do Atlético e seu diretor de Marketing, Mauro Holzmann. Em troca, o site de relacionamentos extraconjugais teria direito aos naming rights do estádio durante os meses da Copa (junho e julho), mudando o atual nome para "Arena Ashley Madison".

O site, que já divulgou ter em caixa R$ 10 milhões para investir no país em 2014 com patrocínios e marketing, vê na Copa do Mundo a grande chance de aumentar seus 'infiéis' utilizadores. "Curitiba representa no Brasil a quarta maior região em termos de geração de receita para o AshleyMadison.com, e sabemos que o setor turístico contribui bastante para isso. Não podemos deixar que a cidade fique fora da Copa", comenta Borges.

"Gostaríamos de ter investido os mesmos R$ 4 milhões na restauração do Cristo Redentor depois do acidente com o raio, mas uma outra multinacional conseguiu fechar o negócio por metade do valor que nós gastaríamos, o que não faz sentido", complementa Noel Biderman, sobre as ações polêmicas do site no país.

Fundado no Canadá em 2002 pelo advogado Noel Biderman, o AshleyMadison.com é o primeiro e maior site de relacionamentos extraconjugais do mundo, com mais de 22 milhões de usuários anônimos cadastrados em 31 países. No Brasil, a comunidade infiel existe desde 2011 e já conta com mais de 2 milhões de membros infiéis.

 

Tags: brasil, Copa, cutritiba, Esportes, muno, patrocínio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.