Jornal do Brasil

Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Esportes

Santos segura sufoco corintiano no fim e é tricampeão da Copa SP

Portal Terra

Em um final de jogo emocionante, com direito a um gol incrível perdido pelo corintiano Bryan, o Santos conquistou o seu terceiro título, o segundo consecutivo, da Copa São Paulo ao vencer o Corinthians por 2 a 1, neste sábado, no Estádio do Pacaembu.

O time santista abriu 2 a 0 no primeiro tempo com gols de Diego Cardoso e Serginho e parecia ter o jogo sob controle. Mas Maicom diminuiu aos 28min da segunda etapa e pôs fogo na partida disputada com 2/3 de torcida corintiana no estádio por conta de uma divisão polêmica da Federação Paulista de Futebol (FPF).

Disputado em uma temperatura acima de 30° C no verão paulistano, a partida teve momentos quentes em seu final com um princípio de briga e gols incríveis perdidos pelos corintianos. Bryan chegou a driblar o goleiro, mas errou por pouco. Já Zé Paulo chutou uma bola que triscou a trave e acertou uma falta defendida por João Paulo, mas não impediu a festa santista no Pacaembu.

Santos conquista sua terceira Copinha
Santos conquista sua terceira Copinha

Com este resultado, o Santos iguala São Paulo e Atlético-MG, que também conquistaram a competição em três oportunidades. Campeão em 1984, 2013 e 2014, o clube alvinegro tem menos títulos do que Corinthians (oito), Fluminense (cinco) e Internacional (quatro).

O Corinthians, mesmo com a derrota neste sábado, segue como principal clube da história da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Vencedor do torneio em oito anos, sendo o último deles em 2012, o time da capital ainda terminou em segundo lugar em outras oito edições, totalizando 16 finais.

Stéfano e Diego Cardoso, que costuraram o gol inicial, foram os protagonistas santistas na campanha. Cada um fez oito gols e acabou na artilharia do Taboão da Serra. O placar da decisão, além de endossar a potência ofensiva, ilustrou também o bom desempenho defensivo da nova geração do clube da Baixada Santista. O time levou no confronto apenas o terceiro gol no certame, uma marca nada desprezível.

Tags: campeão, copinha, decisão, esporte, futebol

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.