Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Julho de 2014

Esportes

Rosell diz que deixa Barcelona pelo bem do clube

Agência ANSA

Em um pronunciamento à imprensa no início da noite desta quinta-feira (23), Sandro Rosell anunciou oficialmente que deixa a presidência do Barcelona, após ter se tornado alvo de uma investigação envolvendo a contratação do brasileiro Neymar.    

"Faz tempo que minha família e eu estamos sofrendo ameaças e ataques que me fizeram pensar se ser presidente significa ter que colocá-los em risco. A compra de Neymar foi correta, mas provocou o desespero e a inveja de alguns dos nossos adversários. Eu não quero ataques que afetem o clube e é por isso que apresento minha renúncia à presidência do Barcelona de maneira irrevogável", disse o cartola.    

O comando do clube catalão ficará nas mãos do vice, Josep María Bartomeu, até o final do mandato atual, em 2016. Ontem (22), um juiz decretou a abertura de uma investigação por apropriação indevida contra Rosell na aquisição do atacante brasileiro. A denúncia foi apresentada por um sócio do próprio Barcelona.    

De acordo com o jornal El Mundo, de Madri, a compra de Neymar teria custado 95 milhões de euros (R$ 308 milhões), e não os 38 milhões (R$ 127 milhões) declarados oficialmente. Segundo a Justiça espanhola, a documentação entregue pela sociedade possui indícios suficientes para sustentar o início de um inquérito. Em seu comunicado de despedida, o cartola afirmou que a acusação é "injusta e temerária".

Tags: Barça, contrato, demissão, neymar, presidente

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.