Jornal do Brasil

Sábado, 19 de Abril de 2014

Esportes

Rio 2016: presidente do COI elogia progressos na organização dos Jogos

Thomas Bach foi recebido pela presidente Dilma Rousseff

Agência Brasil

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, manifestou nesta terça-feira (21) confiança na organização dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, marcados para 2016. “Estamos bastante confiantes com o grande progresso visto nos últimos meses", disse Bach. Segundo ele, também a presidenta Dilma Rousseff mostrou-se muito confiante com o andamento do processo. "É claro que o tempo é chave e que não temos nenhum  tempo a perder, mas a confiança da presidenta me deixou confiante na organização dos jogos, cujo prazo será cumprido", ressaltou Bach, que foi recebido por Dilma nesta terça-feira no Palácio do Planalto. 

Thomas Bach destacou que a segurança é sempre uma preocupação em qualquer evento de grande porte, em qualquer lugar do mundo. De acordo com ele, a presidenta deixou muito claro que o governo  e as autoridades brasileiras vão cuidar para que os Jogos Olímpicos do Rio sejam seguros. “Os atletas e os turistas que virão ao Rio vão se sentir em segurança e aproveitar a hospitalidade dos brasileiros e dos cariocas”, acrescentou.

Para o presidente do COI, a experiência das Olimpíadas de 2016 vai transformar o Rio de Janeiro. “Eu tenho certeza de que, depois dos Jogos, a população do Rio, como fez a de Barcelona, vai dizer que as Olimpíadas deixaram a cidade melhor – como se fosse possível melhorar o Rio – mas os Jogos vão deixar uma cidade melhor do a que eles encontraram”, apostou.

Bach lembrou que, nos Jogos de 2016, atletas de 204 países estarão juntos na Vila Olímpica, o que se traduz em uma mensagem antidiscriminação e  antirracismo, de tolerância e respeito.  “Essa mensagem é que o há de melhor nos Jogos Olímpicos, deixando exemplo para as novas gerações.”

Também participaram do encontro o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, o governador do Rioo, Sérgio Cabral, os presidentes do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Artur Nuzman, e da Autoridade Pública Olímpica, Fernando Azevedo Silva, e o vice-presidente do Rio 2016, Bernard Rajzman.

Tags: bach, dilma, jogos, olímpicos, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.