Jornal do Brasil

Terça-feira, 22 de Julho de 2014

Esportes

Unilever Vôlei perde para o Sesi e está fora da Copa Brasil

Jornal do Brasil

O Unilever Vôlei perdeu para o Sesi, por 3 sets a 1 (21/18, 13/21, 20/22 e 19/21), nesta sexta-feira (17.01), em partida válida pela semifinal da Copa Brasil, realizada em Maringá. A equipe carioca agora terá compromisso pela Superliga, na próxima terça-feira (21.01), diante do Maranhão Vôlei, em São Luís (MA).

Uma das jogadoras mais experientes do Unilever Vôlei, Fabi lamentou os erros da equipe, parabenizou o adversário e previu um futuro de muito trabalho. “O Sesi está de parabéns, jogou muito bem e mereceram a vitória. Apesar de termos treinado muito desde que voltamos das férias de final de ano, ficou a lição de que precisamos melhorar. Que essa derrota sirva para refletirmos, evoluirmos e voltarmos melhores na Superliga”, analisou a líbero. 

Desde o início o Unilever Vôlei percebeu que não seria nada fácil avançar à final da Copa Brasil. Nos primeiros momentos do set inicial contra o Sesi, os erros de recepção deixaram a equipe carioca bem atrás no placar. Bernardinho parou a partida por duas vezes, sacou Regiane para a entrada de Mihajlovic, mas nada adiantava.

Quando o placar marcava 17 a 8 para o Sesi, Fofão foi para o saque e o jogo mudou. A recepção do Sesi é que passou a falhar e, com impressionantes 10 pontos seguidos, o Unilever Vôlei virou para 18/17. Confiante, seguiu bem e fechou em 21/18.

A segunda parcial foi mais equilibrada. Até pouco depois da primeira parada técnica, as equipes trocaram pontos e o panorama só se modificou quando o Unilever Vôlei voltou a falhar na recepção. O Sesi fez seis pontos seguidos, abriu uma grande vantagem e fechou em 21/13.

As duas equipes melhoraram no terceiro set. Fofão ditava o ritmo do Unilever Vôlei, enquanto a líbero Suelen se destacava pelo lado do Sesi. A defesa da equipe paulista foi a grande responsável pela vitória na parcial por 22/20, principalmente pelos momentos finais, quando o ataque do time carioca não conseguia virar suas bolas.

Pressionado pela eliminação iminente, o Unilever Vôlei voltou a equilibrar a partida. Bernardinho voltou com Regiane para a quadra, no lugar de Mihajlovic, e o empate em parciais parecia o mais provável. No entanto, após uma nova sequência de erros, o Sesi voltou a crescer na quadra. E com a confiança de quem está prestes a fechar o jogo, o time paulista conseguiu: 21/19. 

Tags: bernardinho, Copa, derrota, feminino, VOLEIBOL

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.