Jornal do Brasil

Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Esportes

Cartolas não ficarão no Brasil durante a Copa

Agência ANSA

Dezenas de cartolas, presidentes de federações e dirigentes não ficarão no Brasil durante todo o período da Copa, que começa no dia 12 de junho, como apurou uma reportagem do jornal "Estado de São Paulo", publicada hoje, dia 15.

Um dos mais altos funcionários responsáveis pela segurança na Fifa disse ao diário que "os protestos são uma grande ameaça" e que a organização está muito preocupada.    

De acordo com o jornal, os dirigentes alegaram motivos de segurança para não ficar no país. "Eles temem a repetição dos protestos ocorridos durante a Copa das Confederações em 2013 e estão sendo aconselhados pela Fifa a ficar pouco tempo em território brasileiro", apontou o Estadão.    

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, que deixou o país em junho do ano passado, durante a Copa das Confederações, por sua vez, deve permanecer no Brasil desta vez, assim como o secretário-geral Jérôme Valcke.

Tags: Atos, Fifa, Mundial, protestos, receio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.