Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

Esportes

Walter e Goiás não se entendem e atacante se despede do clube

Portal Terra

Após mais de um ano e meio, o casamento entre Goiás e o atacante Walter ganhou um ponto final nesta terça-feira. Depois de uma reunião entre as duas partes, o jogador concedeu entrevista coletiva e se despediu dos colegas e da torcida esmeraldina.

Walter chegou ao Goiás para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B em 2012 e foi o artilheiro da equipe na competição com 16 gols. O bom desempenho rendeu ao atacante um ano a mais de contrato com o Goiás, após uma longa negociação entre o clube esmeraldino e o Porto. O esforço da diretoria valeu a pena.

No ano passado, Walter conduziu o Goiás ao bicampeonato estadual e foi um dos principais jogadores do Campeonato Brasileiro Série A, ganhando, inclusive, prêmios individuais. Com a camisa do clube, o atacante disputou 82 jogos e marcou 45 gols.

Ao mesmo tempo que se destacava pelos gols e boas jogadas, Walter chamava atenção pela forma física. Sempre acima do peso, o jogador acabou tendo problemas de lesão na reta final da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro. Apesar disso, a nova diretoria do Goiás tinha o interesse de manter o jogador, mas não chegou a um acordo salarial.

O atacante, que pertence ao Porto, explicou que o principal motivo desse desfecho da negociação foram as outras propostas que recebeu. “Pesou porque tive propostas maiores, sem dúvida, se não falar isso estaria mentindo e não gosto de mentira. Também tenho que aproveitar o meu momento e resolver as coisas com o Porto e isso pesou bastante”, revelou.

Bastante identificado com a torcida esmeraldina, que o chamava de “Tufão esmeraldino”, Walter pediu desculpas por não conseguir dar ao torcedor a classificação à Taça Libertadores e agradeceu o apoio durante o tempo que defendeu o Goiás, tempo que considerou como o mais feliz de sua vida.

“O que eu tenho que falar é agradecer à torcida por tudo e pedir um pouco de desculpa. Eu acho que se tivesse com uma vaga na Libertadores poderia ter ido embora muito mais feliz. Saio um pouco chateado, até hoje me dói ainda”, salientou.

O futuro do atacante ainda é incerto. Walter disse mais uma vez que foi procurado pelo Sport, seu clube de infância e de sua cidade natal. Outro clube interessado é o Fluminense de quem o jogador estaria mais perto de um acerto. No entanto, Walter despistou sobre sua ida ao time carioca. Só disse que o clube para onde está indo é de muita qualidade.

 

Tags: atacante, Goiás, gordinho, Porto, transferência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.