Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Julho de 2014

Esportes

Dakar: bicampeão Patronelli abandona e Sonik ganha liderança dos quadris

Jornal do Brasil

A primeira parte da etapa maratona dos quadriciclos no Dakar 2014, realizada nesta terça (7), trouxe diversas dificuldades para os participantes da categoria. Na terceira especial, que teve como trajeto a região do Monte Aconcágua, a mais de 4.300 metros de altitude, o bicampeão da prova, Marcos Patronelli (Yamaha), foi obrigado abandonar por conta de desidratação. O rali também acabou para o jovem Lucas Bonetto (Honda), que ficou parado no quilômetro 100. Problemas à parte, o polonês Rafal Sonik (Yamaha) venceu o percurso de 301 quilômetros do dia, com o tempo de 4h58min00s, e agora lidera a categoria, pouco mais de seis minutos de vantagem para o segundo colocado Ignacio Casale (Yamaha).

Por falar no chileno, ele chegou a liderar dois pontos de passagem da etapa. No entanto, Casale acabou o trajeto de San Rafael (ARG) a San Juan (ARG) em segundo. Nada que o faça desanimar, pois o Dakar está apenas no início.

O uruguaio Sergio Lafuente manteve a regularidade e finalizou com o terceiro melhor tempo do dia e ocupa a mesma posição no acumulado. O quarta e quinta colocações do dia ficaram, respectivamente, com Sebastian Husseini (Honda) e Juan Afonso Pacheco-Benavides (Yamaha).

Nesta quarta-feira (8), os pilotos completam a segunda parte da etapa maratona, de San Juan a Chilecito. Serão 352 km de trechos cronometrados e 210 km de deslocamento, totalizando 562 km.

Tags: carros, motos, pilotos, quadriciclos, Ralí

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.