Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Esportes

"Destruíram meu sonho", lamenta Paulo Baier

Portal Terra

Nesta segunda-feira, o meia Paulo Baier concedeu uma entrevista coletiva em um hotel no centro de Curitiba. O atleta, que já acertou sua ida para o Criciúma nesta temporada, lamentou a falta de palavra do presidente do Atlético-PR, Mario Celso Petraglia.

Com um bom desempenho no ano, Baier foi um dos protagonistas nas campanhas do time paranaense em 2014, que levou a equipe à final da Copa do Brasil e garantiu uma vaga na Copa Libertadores, terminando o Campeonato Brasileiro na terceira colocação.

Durante a Série A, o meio-campo teve seu contrato renovado e foi anunciado no estádio (diante do Atlético-MG), além do site oficial. Porém, ao término do torneio, a situação mudou. Como não assinou nenhum documento, o mandatário do Atlético-PR voltou atrás na decisão – tendo o apoio da maioria dos conselheiros.

“Destruíram meu sonho, que era de jogar a Libertadores na Arena reformada. Eu estava feliz, mas não foi cumprido. Palavra é palavra, mas isso é opção do presidente. A minha foi cumprida: subimos (à Série A, em 2012), chegamos na final da Copa do Brasil e o clube está na Copa Libertadores”, lamentou o ídolo da torcida.

Apesar da saída conturbada, Paulo Baier ainda possui esperança de voltar a atuar com a camisa rubro-negra. “Pode ser um até logo. Posso jogar por mais dois ou três anos”, acredita o jogador de 39 anos. Entretanto, um possível retorno somente sem a presença de Petraglia na diretoria. “Com ele, não mais”, sacramentou.

Tags: baier, criciúma, furacão, presidente, saída

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.