Jornal do Brasil

Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Esportes

Jornal simula acidente de Schumacher e divulga fotos de cenário de batida

Portal Terra

O jornal inglês Daily Mail divulgou nesta quinta-feira, com base em imagens e depoimentos, uma simulação do acidente de Michael Schumacher na estação de esqui de Meribel, na França. A publicação ainda mostrou registros de manchas de sangue na neve, que seriam decorrentes da batida do heptacampeão mundial de Fórmula 1.

De acordo com o jornal britânico, Schumacher tinha duas trilhas “limpa”, identificadas com bandeiras, após uma bifurcação para passar em sua descida; no entanto, o alemão desceu por um trecho pedregoso, onde se acidentou no último domingo por volta das 11h (horário local, 8h de Brasília).

Simulação do acidente
Simulação do acidente

>> Jornal: Schumacher se acidentou ao tentar ajudar criança que havia caído

Na pista ilegal, Schumacher atingiu um banco de neve, que o desequilibrou; na sequência, acertou duas rochas no caminho, antes de acertar uma terceira pedra, na qual bateu a cabeça. O impacto partiu seu capacete ao meio. A poucos metros dali, o ex-piloto de Jordan, Benetton, Ferrari e Mercedes foi resgatado.

A imprensa europeia alega que Schumacher saiu da trilha limpa para resgatar a filha de um amigo. O jornal Bild, que chegou a divulgar na quarta-feira uma foto do resgate do alemão, especula que o heptacampeão da F1 tenha se distraído com uma das botas do aparelho e não tenha conseguido evitar a queda.

No helicóptero de resgate, também de acordo com o Bild, Schumacher foi entubado para conseguir respirar mais facilmente. Em um primeiro hospital, um sangramento cerebral obrigou o deslocamento do piloto para Grenoble, onde ele foi colocado em coma induzido, estado atual do alemão.

“Chegamos ao local dois minutos após o acidente. Ele perdeu o controle após acertar uma pedra levemente coberta pela neve. Ele voou e acertou três pedras na queda. Havia muito sangue na última pedra, na qual ele acertou sua cabeça”, disse ao jornal alemão um dos integrantes da equipe de socorro, que não teve seu nome revelado.

“O helicóptero, que posou a 30 m do acidente, chegou minutos depois. Todos no resort (onde Schumacher se hospedou para esquiar) estavam muito tristes, e rezando para que ele passasse por isso”, completou a fonte à publicação. Fontes dizem que Schumacher estava a mais de 90 km/h, mas o staff do piloto negou e creditou o acidente à “má sorte circunstancial”.

Tags: acidente, chegou, depois, inglês, Jornal, minutos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.