Jornal do Brasil

Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Esportes

Queniana sobra na São Silvestre e fatura prova feminina; brasileira é 6ª

Portal Terra

A queniana Nancy Kipron conquistou nesta terça-feira a prova feminina da São Silvestre. Nas ruas de São Paulo, a atleta africana liderou boa parte da prova e cruzou a linha de chegada na Avenida Paulista em primeiro lugar, em 51min58. Sueli Pereira da Silva foi a brasileira mais bem colocada, no sexto lugar. 

A prova feminina da São Silvestre foi dominada por atletas da África - as cinco primeiras colocadas são do continente. Kebede Netsanet Gudeta, da Etiópia, ficou com a segunda colocação, seguida por Jackline Juma, do Quênia. 

Nancy Kipron, três vezes campeã da Volta da Pampulha em Minas Gerais, sobrou durante boa parte do percurso da São Silvestre. Na parte final, especialmente na subida da Avenida Brigadeiro Luís Antônio, a queniana viu a aproximação de Netsanet, mas soube administrar a vantagem para levar a prova e cruzou a inha com 8s de vantagem. 

Completando as cinco primeiras colocações da São Silvestre, a Sara Makera, da Tanzânia, ficou no quarto lugar com 52min40. Delvine Meringor, também do Quênia, terminou no quinto posto, com 52min46. 

Tags: ano, corrida, reveillon, SP, virada

Compartilhe:

Comentários

1 comentário
  • marco tulio amaral pereira

    Os brasileiros são diferentes dos quenianos em que? a comida que os quenianos comem os fazem melhor? a água que eles bebem também seria mágica? porque é difícil querer entender se os brasileiros são piores preparados do que os quenianos. Podem crer que brasileiros comem e bebem muito meçhores do que os quenianos...OU NÃO?

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.