Jornal do Brasil

Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Esportes

Porta-voz de Schumacher dá possível nova versão para acidente

Portal Terra

Em entrevista ao jornal alemão Bild, a porta-voz Sabine Kehn falou sobre uma possibilidade para as circunstâncias que provocaram o acidente de Michael Schumacher. Membro do estafe do ex-piloto, Sabine negou que a velocidade enquanto Schumacher esquiava não teria sido tão determinante e também disse não acreditar na versão de que só ele e seu filho estavam na pista.

"Digo isso com todo o cuidado por ter falado com pessoas que estavam por lá. Michael não estava sozinho, mas sim com um pequeno grupo de amigos. Acredito que ele esquiava com o grupo, perto de uma área com neve profunda, e ajudou um amigo que havia caído. Em uma área de neve profunda, acabou por atingir algumas rochas. Ele foi jogado para longe", relatou Sabine Kehn. 

Em sua conversa com o jornal alemão, a porta-voz insistiu de que não era uma versão oficial e apenas um possível relato para o que havia acontecido na estação de esqui onde Schumacher se acidentou com gravidade. "É uma cadeia de circunstâncias extremamente infelizes. Este foi o grande problema. Não aconteceu porque Michael estava muito rápido", disse ela.

Segundo informações dos médicos, houve uma ligeira evolução clínica no estado de saúde de Schumacher nas últimas 24 horas, mas seu estado é considerado de risco pelo Centro Hospitalar Universitário da cidade de Grenoble, na França. O alemão foi submetido a duas cirurgias cerebrais, a última delas na última manhã. 

Tags: acidente, alemão, coma, França, piloto

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.