Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Esportes

Prometendo conter gastos, Sérgio Rassi assume presidência do Goiás

Portal TerraJoão Paulo Di Medeiros

Sem oposição política no clube, a única chapa registrada foi encabeçada pelo médico cardiologista Sérgio Rassi que assumirá a presidência executiva do Goiás a partir do dia 1º de janeiro. Vice de João Bosco Luz no biênio 2012/2013, Sérgio Rassi terá como vices Adriano Oliveira (que permanece na função) e Paulo Lopes. O novo presidente falou sobre política salarial para sua gestão.

A assembleia realizada no fim da tarde na Serrinha serviu apenas como uma formalidade para aclamar o nome de Sérgio Rassi, pois o dirigente já havia recebido as rédeas das mãos de João Bosco Luz. O novo presidente informou que sua gestão terá "pés no chão" para sanear as dívidas do clube. Uma das formas apontadas por Rassi é um sonho antigo do clube, a urbanização da área da Serrinha.

“O mais importante é quitar a situação de débito que o clube se encontra não descuidando do departamento de futebol, dando uma cara mais futurista ao clube principalmente com a urbanização da Serrinha. Para isso precisaremos do apoio de todos”, explicou.

Outra medida imediata é estipular um teto salarial para o clube. Segundo Sérgio Rassi, o elenco do Goiás não terá jogadores recebendo mais que R$ 99 mil e o mandatário criticou a inflação do mercado do futebol brasileiro.

“Eu não pretendo pagar a um jogador do Goiás mais de dois dígitos, ou seja, mais que R$ 99 mil de salário por mês, nós não temos condições e o salário do Walter, como já falei, supera isso. Eu acho que o futebol está hiperinflacionado tanto quanto os jogadores como os dos técnicos com salários milionários”, concluiu.

Tags: futebol, Grêmio, NOVO, presidente, time

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.