Jornal do Brasil

Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Esportes

Com objetivo arrojado, Goiás dará espaço para a base em 2014

Portal TerraJoão Paulo Di Medeiros

O elenco do Goiás ainda está de férias e, por enquanto, quem trabalha é apenas a diretoria, que se prepara para uma sucessão presidencial - a eleição está marcada para 27 de dezembro. O diretor de futebol Marcelo Segurado segue na função e planeja a equipe com o técnico Claudinei Oliveira. O dirigente garantiu que a time esmeraldino vai iniciar a temporada aproveitando mais os jogadores revelados nas categorias de base do clube.

Marcelo Segurado segue responsável pelo futebol do Goiás
Marcelo Segurado segue responsável pelo futebol do Goiás

Apesar do vice-campeonato na Copa São Paulo do ano passado, poucos jogadores formados nas categorias de base foram aproveitados no time profissional do Goiás. No entanto, vários deles treinaram com o time profissional e, por isso, segundo Segurado, ganharam mais bagagem para suportarem mais jogos pelo time.

Um dos motivos que levaram a diretoria a contratar Claudinei Oliveira é o histórico profissional que ele possui trabalhando com a garotada. Desta forma, Marcelo Segurado explicou que o Goiás começará o campeonato estadual observando e dando mais oportunidades para esses jogadores.

“Temos hoje uma reformulação geral, um elenco com 19 jogadores, mas com uma base de jogadores que cresceram profissionalmente, que vivenciaram 2013 e que vamos observar no Campeonato Goiano. Na medida em que as coisas forem acontecendo vamos buscar soluções e aprimorando ainda mais esse elenco”, revelou.

Mesmo admitindo a pressão pela conquista, o dirigente explicou que o Campeonato Goiano servirá de preparação para as outras competições, onde o Goiás tem objetivos grandes. “Vamos entrar com essa meninada sim, não vamos usar o Goiano como um laboratório, mas sim como preparação para o ano. Teremos o Campeonato Brasileiro onde vamos buscar pelo menos o mesmo resultado desse ano, mas queremos uma vaga na Libertadores. Pensamos no título da Copa do Brasil e da Sul-Americana, são projetos arrojados”, afirmou.

Tags: 2014, dirigentes, equipe, futebol, Goiás

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.