Jornal do Brasil

Sábado, 19 de Abril de 2014

Esportes

Torcida da Lusa une rivais e volta a protestar na Avenida Paulista

Portal Terra

Cerca de 300 torcedores da Portuguesa, segundo estimativa da Polícia Militar, fecharam a Avenida Paulista na tarde deste sábado em protesto contra o rebaixamento do time pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), na última segunda-feira. Os torcedores, que contaram com o apoio de fãs de várias agremiações, se reuniram no vão do Masp e caminharam pela avenida no sentido Consolação, bloqueando duas vias. Após terminar o percurso, passaram a andar no sentido Paraíso - todas as quatro faixas estavam bloqueadas às 16h30 (de Brasília). . 

Lusa une rivais contra decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD)
Lusa une rivais contra decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD)

A Tropa de Choque da PM acompanhou o protesto. O ato teve apoio de torcidas de outros times, que portaram camisas de clubes como São Paulo, Corinthians, Santos, Palmeiras, Juventus, Grêmio e Atlético-MG. Parte dos manifestantes mostraram placas e cartazes com a mensagem "STJD Vergonha Nacional".

No meio dos torcedores, duas celebridades marcaram presença: o maestro João Carlos Martins e o cantor Roberto Leal também estamparam insatisfações contra a decisão de rebaixar a equipe rubro-verde com a perda de quatro pontos pela escalação irregular do meio-campista Héverton. 

Antes do julgamento da última segunda, a torcida do clube do Canindé já havia feito protesto semelhante no mesmo local contra a possibilidade de "virada de mesa" no Campeonato Brasileiro, que salvou o Fluminense da degola. A insatisfação, contudo, não ajudou, já que o tribunal tirou pontos do clube rubro-verde. A Portuguesa terá o futuro sacramentado em julgamento do Pleno, no dia 27 de dezembro. 

Tags: Paulista, polícia, Portuguesa, protesto, torcedores

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.