Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Esportes

Guardiola rebate Blatter sobre descaso europeu com Mundial de Clubes

Portal Terra

Nem o treinador e nem os jogadores do Bayern de Munique concordaram com a declaração do presidente da Fifa, Joseph Blatter, de que o público europeu não se interessava pelo Mundial de Clubes. Em entrevista nesta sexta-feira, antes da decisão contra o Raja Casablanca, Josep Guardiola discordou do mandatário e sublinhou o interesse que tem em faturar o torneio pela terceira vez na carreira.

“Respeito se ele diz que há mais ou menos fãs em um continente, é uma opinião dele. Mas esta é a terceira vez que venho aqui representando um país europeu e nas três vezes tomei o torneio como uma oportunidade única”, rebateu Guardiola, campeão com o Barcelona em 2009 e em 2011.

Na quinta-feira, Blatter se disse “desapontado” pela falta de interesse do público europeu por um campeonato realizado “às portas” do continente. Guardiola, que vibrou bastante pelo Barça em sua primeira conquista no torneio, destacou ainda a dificuldade de se classificar para o Mundial de Clubes.

“Para estar aqui é preciso ganhar a Libertadores, a Liga dos Campeões da Europa... enfim, é preciso ser campeão continental, sabemos como é difícil. Ano que vem ou jogar uma competição local no meu país, mas não sei se virei até aqui novamente. Fato é que o Bayern está preparado para ganhar esse título, pois tem muitos jogadores que nunca tiveram aqui”, prosseguiu.

Antes de Guardiola, dois jogadores do Bayern haviam concedido entrevista no Grand Stade de Marrakech e ambos reforçaram a importância que o Mundial terá para o elenco alemão. Caso derrote o Raja Casablanca, o clube de Munique terá conquistado todos os títulos disputados em 2013.

“Esta é uma Copa do Mundo de clubes, e qualquer um quer ser campeão. Ganhamos tudo este ano e queremos coroar 2013”, disse o meia Thomas Müller. “É uma coisa muito especial, você tem aqui todos os campeões continentais. Ganhar um título como este depois de um ano tão vitorioso seria uma validação”, concordou.

O Bayern de Munique decide o Mundial de Clubes às 17h30 (de Brasília) contra o Raja Casablanca. Antes, às 14h30, o Atlético-MG disputa o terceiro lugar da competição com o Guangzhou Evergrande, da China.

Tags: clubes, Copa, Críticas, Fifa, final, técnico

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.