Jornal do Brasil

Sábado, 19 de Abril de 2014

Esportes

Jô condena impaciência, mas avisa: "vamos trabalhar para jogo de sábado"

Portal Terra

Após atuação apagada na semifinal do Mundial de Clubes nesta quarta-feira, quando o Atlético-MG foi surpreendentemente eliminado pelo Raja Casablanca, o atacante Jô condenou a impaciência da equipe ao longo do duelo - os marroquinos venceram por 3 a 1. Para o atacante, entretanto, agora é hora de levantar a cabeça e focar no jogo de sábado, já que o time mineiro disputa o terceiro lugar contra o Guangzhou Evergrande.

"Acho que a gente começou a partida bem, depois entramos com um pouco de sono e depois que tomamos o gol conseguimos empatar. Mas não é hora de achar culpados, é hora de todo mundo assumir a responsabilidade. A gente está triste, queríamos coroar um ano brilhante, mas agora é erguer a cabeça, o futebol não é do jeito que a gente quer. Vamos trabalhar para o jogo de sábado e levantar a cabeça", disse o atleta, em entrevista ao Sportv depois do confronto.

O Atlético-MG teve atuação apagada nesta quarta-feira. Contra o time marroquino, que disputa o Mundial por ser o atual campeão do país-sede, o clube de Belo Horizonte foi surpreendido e levou três gols no segundo tempo. Para Jô, faltou a paciência que a equipe teve na final da Libertadores contra o Olimpia, por exemplo, quando devolveu no jogo de volta os 2 a 0 sofridos na ida e triunfou nos pênaltis.

"Devíamos ter mais paciência, se perguntar para todo mundo a gente se expôs um pouco, tomamos contra-ataque e sofremos pênalti. Deveríamos ter tido mais paciência para conseguir gol no fim ou na prorrogação, como com o Olimpia. Tivemos paciência na final da Libertadores, agora não, mas assim como quando todo mundo ganha, todo mundo também perde junto"", definiu Jô.

"Não podemos deixar de lado o que fizemos esse ano. Queríamos coroar ano com título, mas futebol às vezes não é do jeito que a gente quer. Ano que vem que a gente possa retomar o ritmo, não podemos jogar fora ano brilhante que fizemos", finalizou o jogador, que agora disputará o terceiro lugar do Mundial no próximo sábado. O Raja Casablanca, por sua vez, decide no mesmo dia o título de campeão do mundo contra o Bayern de Munique.

Tags: clubes, derrota, Fifa, Galo, Mundial

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.