Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

Esportes

Ex-presidente do STJD crê em punição à Portuguesa: "está muito difícil"

Portal Terra

Ex-presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o advogado Rubens Approbato Machado afirmou que dificilmente a Portuguesa conseguirá se livrar da punição da perda de quatro pontos pela escalação irregular do meia Heverton no empate contra o Grêmio, por 0 a 0, na última rodada do Campeonato Brasileiro. Para Machado, se a equipe paulista tinha um advogado representando o clube no julgamento, a defesa acaba ficando enfraquecida e a Portuguesa tem grandes chances de ser rebaixada à Série B. 

"Eu torci pra Portuguesa, gosto da Portuguesa, mas não vejo possibilidade dela sair dessa. Claro que todo caso, como são seres humanos que julgam, pode ter uma decisão distinta. Mas está muito difícil essa situação da Portuguesa", afirmou Approbato Machado.

O ex-presidente do STJD afirmou que a decisão do julgamento dependerá muito dos argumentos de defesa do departamento jurídico. Para ele, se a equipe paulista conseguir pegar exemplos de julgamentos passados que foram favoráveis aos acusados pode ser que consiga se livrar do descenso. Nesta sexta-feira, foi relembrado um caso em que o Fluminense escalou o meia Tartá de forma irregular, no Campeonato Brasileiro de 2010, e não foi punido. Porém, Approbato Machado ressaltou que cada caso é um caso, por conta do fato de a opinião de um juiz não ser idêntica a de outro. 

"Cada defesa é uma defesa. Se já existia um caso anterior que o tribunal aceitou isso, a Portuguesa pode usar isso no julgamento. São homens que vão julgar, cada um pode ter uma ideia. Se você tiver um caso igualzinho ao seu vizinho, um vai para um juiz outro vai para outro, o resultado pode ser diferente porque são duas pessoas diferentes. Vamos ver se a Portuguesa terá condições de fazer defesa ou não". 

O advogado repudiou quem considera um possível retorno do Fluminense à Série A como uma decisão no "tapetão". "Vou pegar um exemplo: o Zé Dirceu (ex-ministro da Casa Civil, condenado no caso Mensalão) foi condenado no tapetão ou pela Justiça? Foi condenado na Justiça. Tapetão é quando alguém descumpre uma lei (para se beneficiar)".

Tags: desportiva, justiça, Portuguesa, superior, Tribunal

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.