Jornal do Brasil

Sexta-feira, 18 de Abril de 2014

Esportes

Fifa confirma Ribéry, Messi e Cristiano Ronaldo na briga por Bola de Ouro 

Portal Terra

A Fifa e a Revista France Football oficializaram, nesta segunda-feira, os finalistas à edição 2013 da Bola de Ouro. Não houve surpresas além do que já era esperado por todos e Lionel Messi, dono das três edições anteriores do prêmio, terá Cristiano Ronaldo e Franck Ribéry como adversários. O vencedor será anunciado no dia 13 de janeiro, em Zurique, na Suíça. Também foram definidos os três melhores treinadores de 2013. 

Até então, os organizadores haviam anunciado apenas a lista de 23 finalistas, em que constavam os nomes de Neymar e Thiago Silva, mas o futebol brasileiro estará de fora do prêmio máximo da Fifa por mais um ano. A última aparição havia sido em 2007, com a eleição de Kaká como o melhor do mundo.  

A soberania de Lionel Messi (Barcelona/Argentina), 26 anos, jamais esteve tão ameaçada. Ele venceu as três edições unificadas da Bola de Ouro (2010, 2011 e 2012) e os dois prêmios separados na temporada anterior. Em 2009, o Melhor do Mundo da Fifa e a Bola de Ouro da France Football ainda eram honrarias distintas, e Messi tratou de conquistar as duas. 

Sem títulos de grande expressão com o Barcelona - o Campeonato Espanhol foi sua única conquista, Messi também sofre com lesões musculares desde as fases finais da Liga dos Campeões, ainda no primeiro semestre. Os problemas físicos persistem, e o argentino está de fora atualmente pelo mesmo motivo. Sua vitória em Zurique seria uma surpresa. 

Cristiano Ronaldo (Real Madrid/Espanha), 28 anos, por sua vez, tem voado ao longo de praticamente todo o ano de 2013. Vencedor da Bola de Ouro e do Melhor do Mundo em 2008, o português ficou com o vice dos dois prêmios em 2009 e da Bola de Ouro da Fifa em 2011 e 2012. Sempre, por sinal, derrotado por Lionel Messi. 

Nos últimos meses, Cristiano indicou que realmente estará forte por seu primeiro prêmio unificado na cerimônia da Fifa em janeiro. O português marcou 30 gols e deu sete assistências em 21 jogos da atual temporada. Seu momento de gala ocorreu na repescagem das Eliminatórias da Copa 2014, diante da Suécia. Cristiano Ronaldo anotou quatro gols em dois jogos e carimbou o passaporte de Portugal para o Mundial. Quem sabe, sua Bola de Ouro também. 

Pela primeira vez, a Bola de Ouro da Fifa terá um finalista que não seja de Barcelona e Real Madrid. Principal figura do Bayern de Munique, Franck Ribéry (Bayern/França), 30 anos, tem os títulos de sua equipe como um álibi para vencer o prêmio na Suíça. Na última temporada, o Bayern venceu a Copa da Alemanha, o Campeonato Alemão e a Liga dos Campeões da Europa. 

Com números individuais menos impressionantes que os de Cristiano Ronaldo, Ribéry ainda assim tem um 2013 que lhe credencia à conquista. Só nesta temporada, o meia-atacante francês tem 12 gols e 14 assistências em 23 partidas pelo Bayern e pela França. A serviço de seu país, aliás, ele teve grande atuação também na repescagem da Copa em classificação heroica obtida sobre a Ucrânia. 

Dois treinadores aposentados concorrem ao melhor do ano em 2013

A Fifa e a France Football ainda anunciaram os três treinadores finalistas como melhor de 2013. Vicente del Bosque, campeão europeu com a Espanha, é o atual vencedor. 

A lista nova tem Alex Ferguson (escocês), campeão inglês da temporada passada e ex-Manchester United, e Jupp Heynckes (alemão), campeão europeu no primeiro semestre e ex-Bayern de Munique. O terceiro nome da relação é Jürgen Klopp (alemão), vice-campeão europeu e vice-campeão alemão pelo Borussia Dortmund. 

Marta reencontra americana na luta por Bola de Ouro

Vencedora do prêmio em 2012, a americana Abby Wambach (Estados Unidos/West New York Flash), 33 anos, foi indicada para lutar pelo bicampeonato, mas terá uma adversária de peso. Marta (Brasil/Tyresö FF-SUE), 27 anos, eleita a melhor do mundo por cinco ocasiões, tentará mais uma vez recuperar seu prêmio, que não vence desde 2011. A goleira Nadine Angerer (Alemanha/Brisbane Roar-AUS), 35 anos, também foi indicada. 

Já entre os treinadores do futebol feminino, três nomes receberam indicações: Ralf Kellerman, alemão (Wolfsburg), Silvia Neid, alemã (seleção da Alemanha) e Pia Sundhage, sueca (seleção da Suécia). Pia é a atual vencedora do prêmio. 

Tags: argentino, federação, francês, futebol, premiação, RONALDO

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.