Jornal do Brasil

Sábado, 19 de Abril de 2014

Esportes

Após massacre em SC, Dilma quer criar delegacia do torcedor

Agência Brasil

A presidente Dilma Rousseff usou seu Twitter nesta segunda-feira para condenar as ações violentas das torcidas de Atlético-PR e Vasco da Gama, em jogo na véspera realizado em Joinville (SC). Em sua manifestação, Dilma pediu a presença de policiamento nos estádio de futebol e a criação de uma delegacia especial para tais casos.

Não havia força policial dentro do estádio em Santa Catarina neste domingo, apenas seguranças particulares. Ainda durante o primeiro tempo, uma organizada do Atlético-PR invadiu o setor dedicado aos vascaínos e iniciou uma briga que interrompeu a partida por mais de uma hora. Quatro torcedores foram hospitalizados.

“São chocantes as cenas de brigas entre torcedores no jogo Atlético-PR x Vasco. Esta violência vai contra tudo o que acreditamos ser o futebol, um esporte de paixão, mas também de tolerância. O país do futebol não pode mais conviver com a violência nos estádios”, comentou Dilma, pedindo paz nas arenas esportivas.

“Conversei com o ministro (do Esporte) Aldo Rebelo, que acompanha o caso. É necessária a presença da polícia nos estádios, a prisão em flagrante em caso de violência e a criação de uma delegacia do torcedor para que cenas como a de ontem sejam coibidas”, completou a presidente.

Tags: aldo, estádios, Ministro, presidente, violência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.